« Voltar

Indicações para a Ordem do Mérito Cultural vão até 18/6

 
 
21.5.2018 - 17:40  

Acesso rápido

 
 
O Ministério da Cultura (MinC) recebe, a partir desta segunda-feira (21), indicações para a edição de 2018 da Ordem do Mérito Cultural (OMC), principal condecoração pública da área da cultura. Interessados poderão enviar sugestões até 18 de junho. Qualquer pessoa pode indicar grupos artísticos, pessoas físicas, iniciativas culturais ou instituições que apresentem relevantes contribuições à cultura brasileira.
 
As indicações podem ser feitas on-line, por e-mail (omc2018@cultura.gov.br) ou pelos Correios, para o endereço: Ministério da Cultura, Esplanada dos Ministérios, Bloco B, Assessoria de Comunicação Social, 4º andar, CEP 70068-900 Brasília – Distrito Federal.
 
As sugestões serão avaliadas pelo Conselho da Ordem do Mérito Cultural, presidido pelo ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão. Ainda integram o grupo os ministros da Educação, da Ciência, Tecnologia e Inovação e de Relações Exteriores, além de uma Comissão Técnica nomeada pelo ministério da Cultura. Os nomes aprovados pelo Conselho serão divulgados por meio de Decreto Presidencial.
 
Ordem do Mérito
 
Desde a criação da OMC, em 1995, mais de 500 personalidades e instituições foram agraciadas por suas contribuições ao desenvolvimento da cultura no País. São intelectuais, produtores, entidades públicas e privadas, artistas dos mais diversos segmentos e realizadores de trabalhos culturais importantes nas áreas de inclusão social, artes, audiovisual e educação.
 
A Ordem do Mérito Cultural é composta por três classes: Grã-Cruz, Comendador e Cavaleiro. É possível que a mesma pessoa receba a comenda mais de uma vez, porém em classes diferentes. Os órgãos e entidades públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, são admitidos na Ordem sem grau de classes. A homenagem foi criada pela Lei nº 8.313, de 1991, e regulamentada em 1995 pelo Governo Federal (Decreto nº 1.711).
  
OMC 2017
 
Em 2017, 32 personalidades e instituições brasileiras foram agraciadas com a Ordem do Mérito Cultural (OMC). A cerimônia teve como tema "Cultura, Inovação e Empreendedorismo".
 
Receberam o grau máximo de Grã-Cruz Renato Aragão (Didi), Ivo Barroso, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho (Boni), Augusto Marzagão (in memoriam) e Domingos Alzugaray (in memoriam).
 
Na classe Comendador, foram agraciados Luiz Calainho, Mãe Neide Oyá D´Oxum, Luis Severiano Ribeiro, Marcelo Bertini, Eduardo Saron, Ricardo Amaral, Roberto Minczuk, Marcelo Bratke, Fernando Alterio, Ana Maria Nóbrega Miranda e Pierre André Mantovani.
 
Na classe Cavaleiro, foram agraciados Marcelo Dantas, Carlos Tufvesson, Jair de Souza, Genival Lacerda, Maria Ignez Montovani, Dona Onete, Carla Camurati, Claudia Costin, Paulo Cruz, Luciane Gorgulho, Afonso Oliveira, Beto Kelner e Roberto Santucci.
 
Duas instituições também foram condecoradas: o bloco carnavalesco Galo da Madrugada, de Recife, e a Moeller & Botelho Produções Artísticas, do Rio de Janeiro. Saiba mais sobre a cerimônia de 2017.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura