Apoio à produção de curtas: conheça o resultado preliminar

 
 
 
O Ministério da Cultura (MinC) divulgou nesta terça-feira (31) o resultado preliminar da fase de seleção e homologação do edital de Apoio à Produção de Curta-Metragem. O objetivo é selecionar e apoiar 45 obras audiovisuais brasileiras de curta-metragem (10 a 15 minutos), inéditas, predominantemente de ficção, podendo ou não fazer uso de técnicas de animação e material de arquivo, divididas nas seguintes categorias: Livre - 30 obras audiovisuais de curta-metragem com temática livre; e Carmen Santos - 15 obras audiovisuais de curta-metragem dirigidas por mulheres e com temática livre. Cada projeto selecionado receberá até R$ 80 mil.
 
O prazo para envio de recursos é de quatro dias úteis a partir desta terça-feira. Os pedidos de reconsideração devem ser feitos exclusivamente mediante o envio de formulário disponível nesta página para o endereço eletrônico concurso.sav@cultura.gov.br. Não será aceita documentação complementar nem retificação da documentação apresentada na inscrição. 
 
O edital de Apoio à Produção de Curta-Metragem é um dos cinco editais lançados em julho deste ano pelo Ministério da Cultura, por meio do Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual (Proav). Também foram lançados editais para desenvolvimento de roteiros cinematográficos propostos por novos roteiristas, Juventude Vlogueira, produção de aplicativos e jogos eletrônicos (App pra Cultura) e apoio a festivais e mostras audiovisuais.  
 
No total, os cinco editais destinarão mais de R$ 8,6 milhões para 135 projetos do setor audiovisual. Desde 2011, o MinC não lançava com recursos próprios um pacote de editais tão amplo para o setor de audiovisual.
 
Ao todo, foram inscritos 1232 projetos para o edital de Novos Roteiristas, 1055 para o de Curtas-Metragens, 149 para o de Festivais e Mostras, 364 para o App pra Cultura e 361 para o Juventude Vlogueira.
 
O objetivo da Secretaria do Audiovisual do MinC com os editais do Proav é ampliar o conceito de audiovisual, buscando possibilidades de sustentabilidade de mercado.
 

Leia mais:

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura