« Voltar

MinC quer ampliar presença da literatura brasileira no exterior

3.8.2016 - 9:15  
 
 
O Ministério da Cultura (MinC) quer ampliar a presença do livro brasileiro no exterior. Para isso, realizará diversas ações, que incluem a participação de autores e ilustradores brasileiros em eventos e feiras internacionais de literatura, investimentos em bolsas de tradução, edição de obras brasileiras em outros idiomas, exportação de livros nacionais e a indicação de autores do País para prêmios internacionais, entre outras.
 
Ao longo dos primeiros seis meses deste ano, o Brasil esteve representado no Salão do Livro de Paris (França), na Feira do Livro de Maputo (Moçambique), na Feira do Livro Infantil de Bolonha (Itália), na Feira do Livro de Bogotá (Colômbia), na Feira do Livro de Buenos Aires (Argentina) e na Feira do Livro de Santa Cruz de La Sierra (Bolívia). 
 
Para o segundo semestre, a programação já conta com pelo menos outras cinco feiras internacionais: Feira do Livro de Gotemburgo, na Suécia (22 a 25 de setembro), Feira do Livro de Maputo, em Moçambique (data a ser confirmada em outubro), Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha (19 a 23 de outubro), Feira do Livro de Xangai, na China (18 a 20 de novembro), e Feira do Livro de Guadalajara, no México (26 de novembro a 4 de dezembro).
 
Entre os autores brasileiros que já estão confirmados para as feiras do segundo semestre estão André Neves, Bianca Pinheiro, Oscar Nakasato (Gotemburgo), Ciça Fittipaldi (Maputo), Angélica Freitas (Frankfurt), Marcelo Pimentel (Frankfurt e Xangai), Mariana Massarani (Xangai e Guadalajara), Adriana Lunardi, Carol Rodrigues e Paulo Scott (Guadalajara).
 
Editais da Biblioteca Nacional
 
No final de julho, a Fundação Biblioteca Nacional (FBN), instituição vinculada ao MinC, lançou dois editais voltados à internacionalização da cultura e da literatura brasileira, um para candidatura de autores brasileiros a intercâmbio no exterior e outro para que tradutores estrangeiros possam fazer residência no Brasil. 
 
O edital referente ao Programa de Intercâmbio de Autores Brasileiros no Exterior é destinado a editoras estrangeiras que tenham publicado obras de autores brasileiros, ou já adquirido os direitos para publicação, e que desejem promover a participação desses autores em eventos literários internacionais. Também podem participar instituições culturais estrangeiras que queiram organizar atividades literárias com autores brasileiros ou convidá-los para períodos de residência no exterior. As inscrições estão abertas até 5 de setembro.
 
Já o edital para o Programa de Residência de Tradutores Estrangeiros no Brasil destina bolsas a tradutores profissionais estrangeiros que estejam traduzindo do português para qualquer outro idioma uma obra literária brasileira, publicada previamente no Brasil, e que já possuam um contrato editorial para a tradução. As bolsas concedidas pelo Programa deverão cobrir, parcial ou totalmente, as despesas para permanência do tradutor no Brasil durante um período de 15 a 30 dias, entre 17 de outubro e 20 de dezembro de 2016. O prazo para envio de inscrições vai até 2 de setembro. 
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura