Notícias do CNPC

« Voltar

Divulgado o resultado da etapa estadual do CNPC

20.10.2015 – 13:12  

Veja aqui os resultados

Segundo Juca, mesmo em momento de crise, a cultura continua se mostrando forte e integrada com as demandas da sociedade (Foto: Lia de Paula)
 
Marcado pelo encontro de artistas, agentes culturais, secretários de cultura estaduais e municipais, a Secretaria de Articulação Institucional do Ministério da Cultura (SAI/MinC) apresentou na noite de segunda-feira, dia 19, os resultados da etapa estadual do processo eleitoral do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC). O Conselho é um órgão colegiado do MinC que tem por objetivo propor a formulação de políticas públicas para o desenvolvimento e o fomento das atividades culturais. Ao todo, foram 545 eleitos distribuídos em 16 colegiados setoriais (Arquivos; Arquitetura e Urbanismo; Arte Digital; Artes Visuais; Artesanato; Circo; Culturas Afro-Brasileiras; Culturas Populares; Dança; Design; Livro, Leitura e Literatura; Moda; Música; Patrimônio Imaterial; Patrimônio Material; Teatro)
 
Com a apresentação do mímico Miquéas Paz, o evento de apresentação dos eleitos, realizado no auditório do Ministério da Cultura, em Brasília, teve a mesa de abertura composta pelo ministro da Cultura, Juca Ferreira; o secretário de Articulação Institucional do MinC, Vinícius Wu; o diretor do Sistema Nacional de Cultura, Eduardo Mattedi; o secretário de Cultura do Amapá, Disney Silva, e a administradora da Associação Indígena Gavião Kyikatêjê e representante do Colegiado Indígena do CNPC, Concita Sompré, que foi formado anteriormente (o processo eleitoral do Colegiado Indígena é feito separadamente dos demais, por suas especificidades).
 
Concita iniciou o discurso agradecendo a oportunidade que o novo CNPC terá na consolidação e manutenção da cultura indígena. "Muitas vezes os livros não mostram como somos, quando falam que nós só vivemos da caça e da pesca, vivemos em oca e aí nos deparamos com um não-indígena impressionado por morarmos em casa de alvenaria, usando roupas. Nessas horas sabemos que eles não acompanharam as nossas lutas", explicou. "Estar nesse novo trabalho é um desafio. Apesar de ser uma liderança dentro da minha tribo, eu estou aqui para mostrar que a população indígena ganhou mais espaço. Eu falo pelo povo indígena, porque eu sou um dos mais de 800 indígenas deste País".
 
O secretário Vinícius Wu disse em seu discurso que o conselho irá fortalecer os canais de comunicação com a sociedade civil. "Nos últimos anos, o Brasil criou uma série de canais para interação com a população. Nós conseguimos a partir de uma série de mecanismos institucionalizados escrever na história do Brasil a cidadania real compartilhada, nós precisamos colocar esses mecanismos no centro da estratégia do poder público", explicou.
Durante a cerimônia, o ministro Juca Ferreira agradeceu o secretário de Cultura do Amapá, Disney Silva, pelo empenho do estado em ter sido o que mais participou no processo eleitoral de renovação do CNPC. Juca Ferreira também mostrou-se otimista ao lembrar que, mesmo em momento de crise, a cultura continua se mostrando forte e integrada com as demandas da sociedade.  "Esse foi um processo exemplar em meio a um momento de crise. Nós somos o ministério que já está conectado com o futuro, com a pós-crise. Trabalhamos com o respeito absoluto. Estamos construindo a consolidação do espírito cultural", ressaltou.
 
Para novembro, estão previstos amplos debates, que serão aprofundados nos Fóruns Nacionais. Os eleitos, em cada estado e em cada Colegiado Setorial, estarão reunidos em três fóruns nacionais para construir a agenda do próximo biênio e proceder a eleição dos representantes, titulares e suplentes, de cada um dos Colegiados, além do pleno do CNPC.
 

Veja o discurso elaborado pelo ministro para a ocasião

 
 
Mariana Menezes
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura