Dia do Ministro

« Voltar

Fórum Faz Cultura defende destinação de recursos das loterias para Cultura

 

 

 

24.01.2018 - 11:50   

Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, debate política cultura com a representante do Fórum Faz Cultura, Flávia Faria (Foto: Ronaldo Caldas / Ascom MinC)
 
Uma das maiores organizações do setor cultural brasileiro, o Fórum Faz Cultura, composto por 7800 integrantes, manifestou apoio à utilização de recursos das loterias federais no fomento a projetos culturais por meio do Fundo Nacional da Cultura (FNC) – medida defendida pelo Ministério da Cultura (MinC). O apoio foi demonstrado em reunião entre a representante do Fórum, Flávia Faria, e o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, na última semana, em Brasília.
 
De acordo com a proposta que ainda será formalizada, a Caixa Econômica Federal responsável por administrar as loterias, reservaria recursos a um Programa de Fomento à Cultura. O programa selecionaria projetos por meio de editais públicos. A expectativa é que os projetos contemplem 10 áreas da cultura, com exceção do audiovisual, que já conta com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual. A expectativa é que o programa possa assegurar cerca de R$350 milhões ao ano para investir no setor. Flávia destacou que o Fórum sairá em defesa de todas as iniciativas que forem em prol da Cultura. "Com todas as iniciativas semelhantes a esta, o Fórum irá se solidarizar", completou Flávia. 

Sobre o Fórum Faz Cultura

O Fórum congrega artistas de diversos estados brasileiros, das mais variadas áreas culturais, como operadores de câmera, maquiadores, diretores de teatro, atores nacionalmente conhecidos ou estreantes, entre outros. "Até mesmo profissionais do patrimônio histórico integram o fórum. O olhar que trazemos é muito amplo, plural", assegura Flávia.
 
Flávia Faria destaca que o Fórum não atua baseado em um interesse específico como, por exemplo, uma entidade de produtores que defende as demandas desse determinado setor. "O nosso diferencial é tratar da massa, do chão de fábrica da cultura. Nenhuma outra organização tem uma composição tão diversificada quanto o fórum. Dentro do Faz Cultura, criamos um Grupo de Trabalho para discutir apenas questões sobre patrimônio histórico. Defendemos a cultura em benefício da própria cultura e não apenas de um segmento específico", afirmou. 
 
Ainda segundo a representante, o Faz Cultura busca mapear, identificar e dialogar todos que produzem cultura no país, procurando reconhecer as necessidades destes profissionais e dos seus setores. Entre os objetivos do Fórum, está a formulação de soluções e proposição de políticas públicas mais adequadas às necessidades dos artistas representados.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura