Nota de pesar - assassinato do menino Vítor Pinto

5.1.2016 - 11:20  
Foto: Gabriel Felipe/RBS TV
 
Nota de Pesar  
 
O Ministério da Cultura (MinC) lamenta profundamente o assassinato do menino Vítor Pinto, criança Kaingang de apenas dois anos de idade, ocorrido na rodoviária de Imbituba, município de Santa Catarina. 
 
Segundo o Conselho Indigenista Missionário, Regional Sul (CIMI), a criança estava sendo amamentada pela mãe, Sônia da Silva, quando um homem se aproximou, acariciou seu rosto e, com um estilete, o degolou. Enquanto a mãe e o pai – Arcelino Pinto – desesperados tentavam socorrer a criança, o assassino seguiu caminhando pela rodoviária até desaparecer.
 
Este crime terrível é mais um ataque a povos indígenas, que têm sofrido violências, perseguições e todo tipo de desrespeito a seus direitos constitucionais, como o direito à terra, à saúde e à educação, entre outros.  
 
O MinC externa sua solidariedade aos pais de Vítor e a toda a comunidade da Aldeia Condá, onde vive a família. Na espera de que se faça justiça, a equipe do Gabinete do Ministro da Cultura está em contato com a Funai e acompanha as investigações por parte da Polícia de Santa Catarina, que já prendeu um suspeito. 
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura