Notícias em destaque

Exposições, editais e publicações marcaram FBN em 2015

11.1.2016 - 8:54  
Fundação Biblioteca Nacional completou 205 anos em 2015 (Foto: FBN)
 
 
Em 2015, ano em que celebrou 205 anos, a Fundação Biblioteca Nacional (FBN), entidade vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), teve uma intensa programação cultural, que incluiu de lançamento de obras a realização de exposições físicas e virtuais, promoção de debates, rodas de conversa, cursos e lançamento de editais.
 
O edifício-sede da FBN, que necessita de reformas, passou por um mapeamento de danos em sua fachada. Foi realizada concorrência para executar obras de recuperação e adequação de todo o sistema elétrico. Além disso, foi concluído o anteprojeto do novo edifício-anexo, localizado no cais do porto do Rio, que abriga serviços e parte de seu acervo.
 
Em comemoração aos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro, a FBN participou do projeto Passaporte dos Museus Cariocas, ação que permitiu a visitação gratuita aos mais importantes museus e centros culturais cariocas com o uso de uma espécie de passaporte único.  
 
Ao longo do ano, o portal da FBN abriu espaço para exposições virtuais, como a que homenageou o centenário do intelectual Caio Prado Junior; outra sobre as Copas do Mundo: 1930 - 2010 e, em parceria com Instituto Moreira Salles, apresentou a coletânea Brasiliana Fotográfica, com mais de duas mil fotos dos acervos das duas instituições, com imagens de comunidades indígenas. 
 
Quanto às exposições que ocuparam a sede da FBN, merecerem destaque o conjunto de aquarelas do artista Ludwig Hesshaimer; a exposição Historica Cartographica Brasilis, com documentos do acervo de cartografia da instituição; e a mostra em homenagem dos 750 anos de nascimento do poeta Dante Alighieri.  
 
Com relação às parcerias, os destaques foram com o grupo Diários Associados (para digitalização e disponibilização do acervo na Hemeroteca Digital) e com a Biblioteca Digital Mundial (WDL) para o lançamento de um novo lote de imagens da FBN.
 
Sobre os prêmios, a FBN lançou, em 2015, o Prêmio Literário Biblioteca Nacional 2015; o edital de Ocupação da Casa da Leitura/2015; os Programas Nacionais de Apoio a Pesquisadores Residentes (PNAP-R) e de Apoio à Pesquisa (PNAP); a chamada pública para o estabelecimento de parcerias e coedições; o edital de Apoio à Tradução e à Publicação 2015-2017; International Exchange Program for Brazilian Authors; e os Prêmios Literários da Fundação Biblioteca Nacional - Edição 2015. 
 
Nas publicações, 2015 foi marcado pela retomada da Revista do Livro da Biblioteca Nacional, depois de um intervalo de cinco anos. Foram publicados, ainda, uma seleção de projetos editoriais em comemoração aos 450 anos do Rio; a releitura do primeiro livro de história do Brasil: A narrativa da vontade de Deus: a História do Brasil de frei Vicente do Salvador; A representação da informação na Biblioteca Nacional: do documento tradicional ao digital, de Angela Monteiro Bettencourt; os manuscritos originais do historiador Nelson Werneck Sodré com ensaios inéditos escritos sobre José Lins do Rêgo e Graciliano Ramos; o livro Saber do negro, de Joel Rufino dos Santos, sobre as discussões sobre o papel do negro e as relações Brasil-África na atualidade, entre outros.  
 
Formação 
 
O Plano Nacional de Recuperação de Obras Raras (Planor) da FBN promoveu o curso sobre biblioteconomia de livros raros, além de uma série de palestras, com temas como a relação das tecnologias de informação e comunicação e os bibliotecários, e diferentes debates, a exemplo dos 70 anos da libertação de Auschwitz; práticas, princípios e mudanças na catalogação no Brasil; conservação de acervos; os construtores da literatura carioca nos 450 anos do Rio e sobre as obras dos escritores João do Rio e do italiano Dante Alighieri.  
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura
Com informações da Fundação Biblioteca Nacional