Notícias em destaque

Cultura de Redes será a prioridade em 2016

05.02.2016 - 15:50  
Equipe da SCDC se reuniu para discutir o lançamento do Programa Cultura de Redes (Foto: Janine Moraes/MinC)
 
 
A equipe da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC/MinC) se reuniu para discutir o lançamento do Programa Cultura de Redes, um conjunto de eixos que articulam as ações estruturantes da políticas desenvolvidas pelo Cultura Viva e que ampliam a base social da secretaria. A reunião ocorreu na quinta-feira, 4, e os assuntos foram discutidos de forma colaborativa.
 
O Cultura de Rede foi apresentado pela secretária Ivana Bentes e se dá a partir da sistematização e valorização de 4 eixos de atuação: a formação, comunicação, economia e articulação. Para o diretor Alexandre Santini, é uma retomada das ações estruturantes previstas na Lei Cultura VIva. "Agora que temos uma lei, o Cultura de Redes assume o papel de programa, articula as ações do Cultura Viva e envolve outros grupos na nossa base social", afirma.
 
Além disso, a SCDC fará ações transversais com outras secretarias e ministérios, como as parcerias já instituídas com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério das Comunicações, Secretaria Nacional de Economia Solidária, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão, entre outros. 
 
Para ampliar os Ponto de Cultura por todo Brasil também será lançada uma caravana da autodeclaração que irá circular estados e municípios mobilizando entidades e coletivos culturais a entrarem para a Rede Cultura Viva. Com a estrutura reforçada a partir dos novos convênios celebrados em 2015, a Lei Cultura Viva já será aplicada em novos editais que ampliam o fomento e a circulação de recurso na ponta.
 
As coordenações de programas e projetos culturais; acompanhamento, fiscalização e prestação de contas; cooperação, ariculação e informação também apresentaram seus balanços e propostas para reestruturação da secretaria, novos desafios de gestão e indicadores para o aprimoramento dos resultados.

Ponto de Cultura

O Ponto de Cultura é a entidade cultural ou coletivo cultural certificado pelo Ministério da Cultura. Os Pontos de Cultura são uma base social capilarizada que atuam nas comunidades e territórios, em especial nos segmentos sociais mais vulneráveis. Trata-se de uma política cultural que, ao ganhar escala e articulação com programas sociais do governo e de outros ministérios, pode partir da Cultura para fazer a disputa simbólica e econômica na base da sociedade.
 
Esta base social também se amplia para outros segmentos sociais, alcançando os setores médios, em especial a juventude urbana, periférica, universitária, jovens artistas, novos arranjos econômicos e produtivos, toda uma nova economia que vem sendo inventada e experimentada daqueles que encontram no fazer cultural uma alternativa de trabalho, vida e inserção social.
 
Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural
Ministério da Cultura