Notícias em destaque

Regional MG faz oficina de tira-dúvidas do 8º Vivaleitura

26.2.2016 – 18:11  
Cláudia Houara, assessora da Regional do MinC em Minas Gerais em oficina sobre o Prêmio Vivaleitura (Foto: Regional MG/MinC)
 
 
Educadores, gestores, contadores de histórias, representantes de bibliotecas públicas e de escolas de diversos municípios de Minas Gerais participaram, nessa quinta-feira (25), da oficina do 8º Prêmio Vivaleitura, realizada no anexo da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, em Belo Horizonte (MG).
 
Idealizada pela Representação Regional do Ministério da Cultura (MinC) em Minas Gerais, em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura, a oficina teve o objetivo de orientar os participantes sobre como se inscrever nesta edição do prêmio.
 
Cláudia Houara, assessora da Regional do MinC em Minas, conduziu a oficina, apresentando o edital em uma linguagem simples e objetiva, destacando as informações mais relevantes do instrumento de seleção.  O histórico do prêmio, as quatro categorias e suas especificidades, a menção honrosa José Mindlin, materiais necessários e formas de inscrição, as fases e os critérios de seleção foram os temas abordados. 
 
Durante a apresentação, a assessora esclareceu as dúvidas dos participantes e ressaltou a importância de ler atentamente e esmiuçar todo o edital (principalmente, os critérios de seleção) e verificar quem é o proponente (pessoa jurídica ou física) para, então, definir em qual categoria inscrever o projeto, além de reforçar que somente participarão do processo os projetos que estão em andamento ou que foram concluídos nos prazos estabelecidos no edital.    
 
Na avaliação de Cláudia Houara, a oficina tem um papel fundamental na divulgação do edital, pois é uma oportunidade para destacar as particularidades desse tipo de instrumento que, por vezes, passam despercebidas ou geram questionamentos dos interessados. "O Prêmio Vivaleitura tem uma importância ímpar para o estado, pois estimula ações relacionadas à leitura. Minas Gerais tem, em média, uma biblioteca em cada município, que conta, por vezes, com o apoio de políticas públicas para o aprimoramento e desenvolvimento de suas atividades".   
 
A diretora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais da Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário, Cleide Fernandes, destaca que o prêmio dá visibilidade, valoriza e reconhece as atividades de incentivo à leitura. "A possibilidade de realizar essa oficina contribui para esclarecer as mais diversas informações, além de capacitar as pessoas que, mesmo tendo uma prática consistente de estímulo à leitura no seu dia a dia, podem ter dificuldades para sistematizar e organizar suas atividades para inscrever projetos em editais", ressaltou a diretora.
 
A iniciativa foi elogiada por Eduardo Santos Rocha, da Biblioteca Pública Municipal Professor Mello Cançado, localizada em Pará de Minas. "Este trabalho é um diferencial, já que a oficina ajuda a entender melhor o edital, orientando os interessados de Minas Gerais a participarem de forma mais assertiva dessa premiação nacional".
 
Sobre o prêmio
 
Criado em 2006, o Prêmio Vivaleitura integra as ações do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) e tem a finalidade de estimular e reconhecer projetos que promovam a leitura. É uma iniciativa dos ministérios da Cultura (MinC) e da Educação (MEC) e conta com a parceria da Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) e o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e da Fundação Santillana.
 
Nesta edição, serão premiados projetos nas seguintes categorias: Biblioteca Viva; Escola Promotora de Leitura; Território da Leitura; e Cidadão Promotor de Leitura (pessoa física) que desenvolva trabalhos na área de leitura. Em cada categoria, os vencedores recebem um prêmio no valor de R$ 25 mil.
 
Um dos destaques do prêmio é a menção honrosa José Mindlin, que, a cada ano, reconhece iniciativas que se destaquem por seu impacto e abrangência.
 
Regional Minas Gerais
Ministério da Cultura