Notícias em destaque

Pela destinação cultural ao Edifício Touring Club do Brasil

07.03.2016 – 18:28  
Sugestão de Juca Ferreira é que edifício seja transformado em um órgão de cultura (Foto: Acácio Pinheiro)
 
 
No centro de Brasília, em frente ao Setor Cultural Sul, por onde passam, diariamente, 700 mil pessoas, situa-se o edifício Touring Club do Brasil. Idealizado por Lucio Costa e projetado por Oscar Niemeyer, o prédio foi tombado, em 2007, pelo Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan).
 
Ao longo dos anos, no entanto, o destino do edifício tornou-se um imbróglio. Em 2005, o prédio foi vendido em leilão pela União a uma empresa e, nos últimos anos, cogitava-se a ocupação por uma igreja, o que acabou não se concretizando.
 
Na tarde desta sexta-feira (7), o ministro da Cultura, Juca Ferreira, reuniu-se, em Brasília, com diversas autoridades para debater o futuro do edifício. Participaram do encontro o ex-secretário de cultura do DF, Silvestre Gorgulho;  o subprocurador-geral da República, Antônio Carlos Alpino Bigonha; e o superintendente do Iphan, Carlos Madson Reis, entre outras autoridades.  
 
Sobre essa questão, o ministro da Cultura disse ser aliado na empreitada para que o Edifício Touring cumpra sua função. Além disso, sugeriu que o MinC e o Governo do Distrito Federal (GDF) trabalhem juntos para esse fim e comentou que irá realizar uma consulta oficial, pedir um parecer técnico ao Serviço de Patrimônio da União (SPU) sobre a questão da cessão do edifício. Também sugeriu a necessidade de haver um futuro uso público para o espaço. 
 
"Ele fica em um ponto cobiçado, com localização privilegiada, por onde passam cerca de 700 mil pessoas. Poderia ser um órgão de cultura que ligue o Distrito Federal às cidades satélites", sugeriu o ministro. 
 
O ex-secretário de Cultura do DF, Silvestre Gorgulho, reafirmou que se trata de um "assunto grave que está no coração e na alma de Brasília". 
 
 
Cecilia Coelho
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura