Pesar. Brasil perde um grande incentivador da leitura

15.03.2016 – 17:30
 
Apesar de nascido em Nápoles, na Itália, poucos colaboraram tanto com a vida acadêmica brasileira quanto Ottaviano de Fiore.
 
Leitor contumaz e entusiasta da leitura, ainda na década de 70, foi diretor editorial de fascículos da editora Abril Cultural, onde publicou várias coleções de alto nível a preços populares vendidos em bancas de jornais. 
 
Ottaviano de Fiore foi Secretário Nacional do Livro e Leitura do Ministério da Cultura de 1996 a 2002. No período, abriu e aperfeiçoou inúmeras bibliotecas. Dedicou toda a sua vida à formação de leitores, tanto na Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), onde foi professor de Teoria Política, no Museu da Língua Portuguesa, onde atuou como coordenador acadêmico. Coordenou também, em 2003, o programa São Paulo, Um Estado de Leitores.
 
É com grande pesar que o MinC recebe a notícia da sua morte, uma perda inestimável para a cultura brasileira.
 
Assessoria de Comunicação Social
Ministério da Cultura