Ancine lança novos editais do Programa Brasil de Todas as Telas

 
 
19.5.2017 - 16:45  
 
 
A Agência Nacional do Cinema (Ancine) lançou quatro chamadas públicas do Programa Brasil de Todas as Telas, as quais investirão, no total, R$ 192,3 milhões no setor audiovisual brasileiro.  
Nesta sexta-feira (19), foram abertas as inscrições para a quinta edição do edital Prodav 03/2017 – Núcleos Criativos, no valor de R$ 14 milhões. Serão selecionadas 14 novas propostas de núcleos criativos, projetos que reúnem profissionais de criação e roteiristas com o objetivo de desenvolver roteiros de filmes, séries, programas e formatos para televisão.  As inscrições vão até 3 de julho.
 
Outras três chamadas abrem inscrições na segunda-feira (22). Até o dia 14 de julho, será possível se inscrever na linha de desempenho comercial do Sistema de Suporte Automático do Programa Brasil de Todas as Telas, a Chamada Pública Prodav 06/2017. Por meio de um sistema estruturado em três módulos (produção, distribuição e programação), serão disponibilizados R$ 100 milhões, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual para empresas produtoras brasileiras independentes, distribuidoras brasileiras atuantes no mercado de salas exibição e programadoras de televisão atuantes no serviço de acesso condicionado ou de radiodifusão.
 
No âmbito do Projeto Cinema da Cidade, do Programa Cinema Perto de Você, a Ancine convoca os governos estaduais a uma ação conjunta para a construção de salas de cinema em municípios sem esse serviço. Serão investidos R$ 8,3 milhões do FSA e os governos estaduais interessados devem comprometer-se com uma contrapartida mínima de R$ 2 milhões. Clique aqui para acessar o edital.
 
Seguindo com a proposta de nacionalização do audiovisual, foi anunciada a abertura das inscrições para a Chamada Pública Ancine/FSA 01/2017 - Arranjos Financeiros Estaduais e Regionais. Com o edital, o Programa se propõe a financiar, de forma complementar, com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual, projetos audiovisuais independentes selecionados em editais promovidos por órgãos e entidades da administração pública estadual, do Distrito Federal e das capitais das Regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sul e dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. Para esta linha estão previstos investimentos na ordem de R$ 70 milhões.
 
Agência Nacional do Cinema
Ministério da Cultura