Sá Leitão visita obras em sítios históricos de Pernambuco

 
 
7.10.2017 - 12:30  
Nesta sexta-feira, em Pernambuco, Sá Leitão visitou bicas históricas de Olinda (no alto), a sede do bloco Homem da Meia-Noite (centro) e a igreja Nossa Senhora da Conceição dos Militares, em Recife (acima) 
 
 
O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, visitou nesta sexta-feira (6), em Recife e Olinda (PE), obras de monumentos históricos que estão sendo restaurados com recursos do PAC Cidades Históricas, programa coordenado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia vinculada ao Ministério da Cultura (MinC).
 
É o caso da Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Militares, localizada no centro da capital pernambucana, próxima ao Marco Zero da cidade. A obra recebeu investimentos de R$ 10,9 milhões e deverá ser finalizada até 2020. A Igreja data de 1723 e foi tombada pelo Iphan em 1938. O forro feito em talha de rococó, a tela no teto de entrada, que reproduz a batalha dos Guararapes, a Nossa Senhora grávida com o rosto do menino Jesus sob a barriga e o altar com detalhes em folha de ouro rememoram a história do século XVIII no Nordeste brasileiro.
 
Em Olinda, Sá Leitão visitou as bicas históricas, consideradas Patrimônio Mundial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e que receberam recursos da ordem de R$ 50 mil para restauração. O ministro também esteve no Adro de São Francisco, no qual foram investidos R$ 2,663 milhões, e a Igreja do Bonfim, interditada desde 2012. Sá Leitão conheceu ainda a sede da agremiação Homem da Meia-noite, um dos blocos carnavalescos mais importantes de Pernambuco. 
 
"Estamos fazendo o possível para viabilizar a restauração das bicas históricas de Olinda porque sabemos da importância histórica para o turismo e para a população da cidade", afirmou Sá Leitão, que considera o patrimônio histórico e artístico de Olinda um dos mais importantes do país. Segundo o ministro, o descontingenciamento de R$ 94 milhões para o MinC vai possibilitar que diversas obras sejam realizadas até o final de 2018. No entanto, ele ressaltou a relevância de os parlamentares federais de Pernambuco apresentarem emendas até o dia 20 de outubro para reforçar a destinação de recursos para a recuperação desse patrimônio cultural. 
 
O prefeito de Olinda, professor Lupércio, disse que as restaurações desses locais enriquecem não apenas a cultura e o turismo local, mas também reforçam o imaginário coletivo da comunidade. "Isso tudo faz parte de séculos de história da cidade, do estado e do país, e tem de ser preservado em sua essência. Não se pode deixar essa história se degradar e ficar no passado ", afirmou.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura