Palmares aposta em emendas parlamentares para ampliar ações

 
 
11.10.2017 - 11:27  
 
 
As emendas parlamentares representam importante fonte de recursos para viabilizar projetos de caráter social e cultural. Atenta a isso, a Fundação Cultural Palmares (FCP), instituição vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), vai distribuir aos congressistas uma cartilha com orientações para apresentação de emendas ao orçamento da instituição, de acordo com o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) para 2018.
 
No material, que será entregue a deputados e senadores, estão detalhadas algumas das principais iniciativas da Fundação por meio do Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra (CNIRC), do Departamento de Fomento e Promoção da Cultura Afro-Brasileira (DEP) e do Departamento de Proteção ao Patrimônio Afro-Brasileiro (DPA).
 
Entre ações e projetos destacados aparecem a Memória da Música Negra Brasileira, que resgata compositores negros que contribuíram para o desenvolvimento da MPB; a Semana Nacional da Consciência Negra, que realiza atividades culturais e artísticas em comemoração ao dia 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra; a Feira Afro, que promove eventos de gastronomia, artesanato e moda; e a Virada Afro Cultural, com intensa programação para fomentar as manifestações afro-brasileiras, entre outros.
 
Para o presidente da Fundação Cultural Palmares, Erivaldo Oliveira, a parceria com os parlamentares vai fortalecer a atuação do órgão. "Contamos com o Congresso Nacional para ampliarmos o alcance e o impacto das nossas ações para valorizar a cultura negra e incentivar a mobilidade social do nosso povo", afirma.
 
Marcelo Araújo
Fundação Cultural Palmares
Ministério da Cultura