Produtores culturais em Cuiabá (MT) participam de seminário sobre leis federais de incentivo

 


13.07.2018 - 09:55  

 

O Ministério da Cultura (MinC) promoveu nesta sexta-feira (13), em Cuiabá (MT), mais uma edição do seminário de capacitação destinado a preparar produtores e gestores culturais para a utilização dos mecanismos de fomento disponibilizados pelo Governo Federal. O secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do MinC, José Martins, abriu o encontro, que ocorreu das 9h30 às 18h.

Ao longo do dia, artistas, empresários, produtores e demais profissionais da área cultural do Mato Grosso puderam interagir com equipes do MinC em debates sobre Lei Rouanet, Lei do Audiovisual, Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e outros mecanismos de fomento.

Produtora cultural do Cineclube Coxiponés, da Universidade Federal do Mato Grosso, Thelma Michella Saddi disse que buscou o seminário para conhecer melhor os mecanismos de incentivo à cultura. "Com incentivo, podemos promover mais o cineclube, difundindo mais cultura com um maior número de eventos não só em nosso espaço, mas também com projetos itinerantes pelo interior do Estado.", afirmou.  

Simone Maria da Silva, assessora da Secretaria Municipal de Cultura de Lucas do Rio Verde (MT), auxilia na construção de um plano de cultura para sua cidade. Foto: Clara Angeleas (Ascom/MinC)
 

Distante 334 km da capital Cuiabá, a cidade de Lucas do Rio Verde completou 30 anos de emancipação política neste 4 de julho. O município ainda não está integrado ao Sistema Nacional de Cultura e também não tem um Plano Municipal de Cultura. Assessora da Secretaria Municipal de Cultura luverdense, Simone Maria da Silva veio ao seminário buscar subsídios para auxiliar a gestão cultural local. "Estou aqui para ver como as leis de incentivo podem auxiliar a cultura na minha cidade. Estamos em um processo de construção de uma política cultural e todas as informações são bem vindas.", avaliou a assessora.

As orientações oferecidas pelo ministério visam ampliar o alcance da política cultural e dos instrumentos que favorecem o setor. A expectativa é que o maior entendimento da comunidade cultural do estado sobre como apresentar projetos e obter linhas de financiamento gere maior adesão local aos incentivos.

Seminário  

O secretario de Fomento e Incentivo à Cultura, José Paulo Soares Martins, explicou as principais formas de apoio a projetos culturais. Foto: Clara Angeleas (Ascom/MinC)
 

O encontro teve duração de um dia. Uma equipe da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura (Sefic) do MinC responsável pela gestão da Lei Rouanet explicou como funciona o principal mecanismo de fomento à cultura do País, orientando participantes e tirando dúvidas sobre apresentação de projetos.

A coordenadora do Centro Técnico do Audiovisual (CTAv), Daniela Pfeiffer, fez a apresentação de sua entidade e também das ações da SAv. Depois a Agência Nacional do Cinema (Ancine) detalhou os editais e as linhas de financiamento disponíveis para o setor do audiovisual. Durante o seminário, foram dadas orientações a incentivadores sobre as vantagens e as formas de apoiar projetos culturais.

Cuiabá foi a 23ª das 27 capitais brasileiras que receberão, até o fim deste mês de julho, as equipes do MinC com orientações sobre os mecanismos de incentivo. Já foram realizados seminários em Macapá (AP), Fortaleza (CE), Brasília (DF), João Pessoa (PB), Rio Branco (AC), Belo Horizonte (MG), Maceió (AL), Florianópolis (SC), Curitiba (PR), Natal (RN), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO), Porto Alegre (RS), Aracaju (SE), Palmas (TO), Goiânia (GO), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE) Belém (PA), Manaus (AM), São Luís (MA) e Teresina (PI). No próximo dia 20, o encontro será sediado em Boa Vista (RR).

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura