Iberbibliotecas publica resultado do 6º Concurso de Ajudas

 


20.07.2018 - 14:00  

 

Foi publicado, nesta semana, o resultado final do 6º Concurso de Ajudas 2018, realizado pelo Programa Ibero-americano de Bibliotecas Públicas (Iberbibliotecas). Foram selecionados 11 projetos, de sete países, que visam fortalecer bibliotecas públicas ou comunitárias como espaços de promoção do acesso à informação e leitura, da inclusão social e qualificação da educação e do desenvolvimento.

As propostas vencedoras receberão até US$14 mil dólares, para projetos apresentados apenas por uma entidade; e até US$ 28 mil dólares, no caso de projetos submetidos por instituições de dois ou mais países integrantes do programa. O valor total investido é US$140 mil dólares.

O concurso teve 152 projetos inscritos, de países e cidades-membros do Iberbibliotecas — Brasil, Chile, Costa Rica, Espanha, México, Paraguai, Peru, Buenos Aires (Argentina) e Medellín (Colômbia). Na primeira etapa, foram habilitados 68 projetos; na segunda, 57 projetos foram pré-selecionados e seguiram para avaliação final. O Conselho Intergovernamental do programa, em reunião nos dias 21 e 22 de junho, selecionou os 11 projetos vencedores, dos quais três são do Brasil.

O Programa Ibero-americano de Bibliotecas Públicas é uma iniciativa da Secretaria Geral Ibero-Americana (Segib), com coordenação do Centro Regional para o Fomento do Livro na América Latina e no Caribe (Cerlalc), da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). O Ministério da Cultura representa o Brasil no programa, por meio do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP).

Confira o resultado final:

  • Diálogos para inclusão: formação e prática na promoção da cultura, políticas e práticas inclusivas em bibliotecas públicas e comunitárias (Diversitas Soluções Inclusivas – Brasil).
  • Curso de capacitação em gestão da informação digital para os profissionais de bibliotecas de acesso público do Estado de São Paulo (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESPSP – Brasil)
  • Rede de Pequenas Bibliotecas Vivas de Santo André (SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura – Brasil)
  • Plan de fomento de la lectura para el fortalecimiento de la red de bibliotecas públicas de la región de Antofagasta (Corporación de fomento de la lectura – Lectura Viva – Chile)
  • Haciendo memoria: nuestro sitio, nuestra identidad. Posicionamiento de la red departamental de bibliotecas públicas del Quindío (Gobernación del Quindío – Colômbia)
  • Interactuar con su comunidad desde la biblioteca pública: Aprendiendo y avanzando la paz desde los contextos de Colombia (Universidad de Costa Rica. Escuela de Bibliotecología y Ciencias de la Información – Costa Rica)
  • Encuentro de escolares con bibliotecas de Medellín (Biblioteca Municipal de Aguilar, Biblioteca Municipal de Dueñas, Biblioteca Municipal Venta de Baños y Biblioteca Pública de Palencia – Espanha)
  • Tejiendo red por el desarrollo bibliotecario popular: proyecto de construcción del plan estratégico de la red de bibliotecas populares y comunitarias de medellín y el valle de aburrá (Corporación Red de Bibliotecas Populares de Antioquia REBIPOA – Medellín)
  • Leer para crecer. Red de bibliotecas ciudadanas infantiles (Consejo Puebla de Lectura – México)
  • Encuentro Nacional de Bibliotecas Públicas y Bibliotecarios para la consolidación de la Red Nacional de Bibliotecas Públicas del Paraguay (Biblioteca Nacional del Paraguay – Paraguai)
  • Mi biblioteca. Mi prioridade (Biblioteca Nacional del Perú – Peru)

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura