Ponto Cine é devolvido à comunidade de Guadalupe (RJ)

10.10.2018 - 19:10   
O secretário do Audiovisual do MinC, Frederico Mascarenhas, o diretor do Ponto Cine, Adailton Medeiros, a diretora da Ancine, Mariana Ribas, e a assessora Myllena Oliveira prestigiam a reabertura do cinema (Foto: Divulgação / Ascom MinC)
 
 
Uma das mais tradicionais salas de cinema da periferia do Rio de Janeiro, o Ponto Cine, foi reinaugurado na noite desta terça-feira (9), no Shopping Guadalupe, na Zona Norte da cidade. A cerimônia contou com a presença do representante do Escritório Regional Sudeste do Ministério da Cultura (MinC), Matheus Quintal, do secretário do Audiovisual da pasta, Frederico Mascarenhas, da diretora da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Mariana Ribas, de artistas e de pessoas da comunidade.
 
A reabertura do cinema popular marca também a retomada de programas de capacitação técnica em audiovisual para jovens de periferia, anunciada pelo ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão. O investimento do MinC na primeira etapa do programa de capacitação será de R$ 500 mil e contará com dois cursos técnicos de 160 horas cada: um em direção cinematográfica e outro em interpretação, para a formação de atores.
 
O secretário do Audiovisual do MinC, Frederico Mascarenhas, acredita que o Ponto Cine é uma iniciativa pioneira, que contribui com a descentralização e a democratização do acesso da população ao cinema com alto padrão de qualidade. "O cinema tem preços acessíveis e em uma área com pouca ou nenhuma oferta de equipamentos culturais. Aliado a esses fatores, é a única sala de cinema que exibe filmes exclusivamente brasileiros", destacou.
 
Adailton Medeiros, que está à frente do Ponto Cine, se orgulha de o cinema exibir somente filmes brasileiros. "Em sua essência, o cinema, que fica no coração do bairro de Guadalupe, tem todo um trabalho de pertencimento, de reforço de identidade que é muito importante. Nesse sentido, o Ponto Cine é mais do que um cinema. Sua reinauguração melhorou até mesmo o entorno, melhorou o comércio, gerou emprego e renda", afirmou.
 
Já para o representante do MinC no RJ, a reinauguração do Ponto Cine pode ser resumido em três palavras: oportunidade, inclusão e gratidão. "Ficamos felizes de ver a população ocupando este espaço. Isso é gratificante. Aproveito para parabenizar o diretor do Ponto Cine, Adailton em nome de toda equipe!", elogiou Quintal.

Ponto Cine

O Ponto Cine exibe filmes nacionais a preços populares, no Shopping Guadalupe, Zona Norte do Rio. Em fevereiro, teve suas portas fechadas por causa de dificuldades financeiras. Agora, além de retomar a programação comercial, a sala de cinema vai abrir as portas para apoiar a capacitação de estudantes do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ). O cinema funcionará com quatro sessões diárias, de terça a domingo.
 
Por meio de uma parceria, será assegurada a oferta de dois cursos, abertos à comunidade, de Preparação de Atores e Direção Cinematográfica. Os cursos serão ministrados pelo Ponto Cine e certificados pelo IFRJ e contarão com três módulos cada.
 
A cada quinzena, os alunos participarão do debate Diálogos com o Cinema, quando assistirão a um filme nacional e depois terão a oportunidade de conversar com a equipe de produção, direção e com os atores do filme.
 
Além dos R$ 500 mil iniciais, o Ponto Cine receberá mais R$ 120 mil para a realização da Mostra Diálogos com Cinema, que terá início no próximo dia 27. O projeto, realizado há onze anos, inclui sessões de filmes brasileiros com interatividade e debates que fomentam e tocam o público que passa pelo evento, confirmando o poder de sensibilização que o cinema tem.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura