Notícias SAI

Edital de Preservação e acesso aos bens do patrimônio Afro-Brasileiro

O Ministério da Cultura e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) divulgam os selecionados no Edital de Preservação e acesso aos bens do patrimônio Afro-Brasileiro, ". Lançado em 20 de dezembro, o concurso, destinado a pesquisadores de todo o país, é resultado de uma articulação entre o Ministério da Cultura (MinC), a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e a Rede Memorial e tem como objetivo apoiar atividades que propiciem a ampliação do acesso da sociedade civil à memória da cultura afro-brasileira. Dentre os 93 projetos inscritos, de todas as regiões brasileiras, foram selecionados 20 projetos que vão receber recursos para a digitalização dos acervos e a criação de um padrão de metadados que permita a interoperabilidade dos conteúdos.

Metas PNC

O edital contempla objetivos e diretrizes do Plano Nacional de Cultura (PNC), criado pela Lei nº 12.343, de 2 de dezembro de 2010, e que aborda o tema dos acervos digitais em sua meta 40 - que prevê a  disponibilização na internet dos conteúdos que estejam em domínio público ou licenciados – e 41- que estabelece que 100% das bibliotecas públicas e 70% de museus e arquivos disponibilizem informações sobre seu acervo no Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC).

O resultado desse primeiro edital temático será disponibilizado no Museu Virtual da Cultura Afro-Brasileira. Segundo o Secretário Américo Córdula "Precisamos cada vez mais incorporar nossa memória nas plataformas digitais interoperáveis, auxiliando em processos educativos e divulgano a nossa cultura. Conhecer e reconhecer a cultura afro-brasileira e a importância na formação da identidade brasileira é o que pretendemos com essa iniciativa."

Confira aqui o resultado do Edital.

 

(Texto:  Ascom/SPC/MinC)