O dia a dia da Cultura

Brasil de Todas as Telas

13.08.2015 - 19:04 
 
O programa Brasil de Todas as Telas é uma ampla ação governamental que visa transformar o País em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais. 
 
Trata-se do maior programa de desenvolvimento do setor audiovisual já construído no Brasil, formulado pela Ancine (Agência Nacional do Cinema) em parceria com o Ministério da Cultura (MinC), e com a colaboração do setor audiovisual por meio de seus representantes no Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual. Ele foi elaborado com base no Plano de Diretrizes e Metas para o Audiovisual.
 
Utilizando recursos do FSA (Fundo Setorial do Audiovisual), o programa conjuga diferentes modalidades de operação financeira, articula parcerias público-privadas e propõe novos modelos de negócios.
 
O objetivo dele é estimular o desenvolvimento dos agentes econômicos e promover o acesso de um número cada vez maior de brasileiros aos conteúdos produzidos pelos talentos nacionais, em todas as plataformas de exibição.
 
O Brasil de Todas as Telas tem como principais desafios expandir o mercado interno, universalizar o acesso da população aos serviços audiovisuais e transformar o Brasil em um dos cinco maiores centros produtores e programadores de conteúdos do mundo.
 
Para alcançar esses objetivos, o programa articula ações em torno de quatro eixos:
 
1) Desenvolvimento de projetos e formatos de obras brasileiras;
2) Produção e difusão de conteúdos brasileiros no cinema e na televisão;
3) Capacitação e formação profissional;
4) Implantação e modernização de salas de cinema.
 
Desenvolvimento regional
 
O programa enfatiza a importância da produção audiovisual em todos os estados do País por meio da suplementação de recursos em editais de produção dos governos estaduais e municipais, do Projeto Cinema da Cidade, dos laboratórios de desenvolvimento de projetos e da produção de conteúdos destinados aos segmentos comunitário, universitário e educativo e cultural da TV Pública nos 26 estados e no Distrito Federal.
 
Formação Profissional
 
Diante da necessidade de formação de novos profissionais e de aperfeiçoamento da força de trabalho que já atua no setor, o programa cria bolsas de capacitação, pesquisa e produção, com duração de até 24 meses, nos campos técnico-operacional, gestão e negócios, criação e dramaturgia – todos estruturantes para a indústria e fundamentais para o fortalecimento da cadeia produtiva.
 
Também serão oferecidos cursos de nível técnico em parceria com o Ministério da Educação por meio do Pronatec Audiovisual – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego.

Produção e difusão de conteúdos no cinema e na televisão

O programa dá continuidade e amplia as linhas de investimento do Fundo Setorial do Audiovisual para a produção e distribuição de conteúdos, seja em investimento direto nas produtoras ou por meio das distribuidoras e programadoras. O destaque é o lançamento do Suporte Financeiro Automático, cujo investimento é baseado no desempenho das empresas.
 
Esse sistema destina-se prioritariamente ao financiamento da produção audiovisual e, subsidiariamente à distribuição de cinema e programação de canais de televisão. O sistema se organiza em quatro módulos correspondentes à atividade do titular da conta automática na qual serão depositados os recursos: Produção (produtoras brasileiras independentes); Programação (programadoras de canais de televisão aberta e fechada); Distribuição (distribuidoras brasileiras de cinema), e Empacotamento (empacotadoras de canais de televisão).

Ação da Secretaria do Audiovisual

Recursos do programa também serão destinados a ações coordenadas pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura. Entre as ações destacam-se: o lançamento dos Editais de Longa-Metragem de Baixo Orçamento (BO) e de Documentários de Longa-Metragem (Longa Doc), o Programa de Apoio a Coproduções no âmbito da CPLP – Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa, e o Programa de Desenvolvimento de Infraestrutura para o CRA – Centro de Referência do Audiovisual junto à Cinemateca Brasileira, um amplo banco de dados e acervo da produção audiovisual no Brasil.