O dia a dia da Cultura

Mais Cultura nas Escolas

Atualizado em 17.03.2014 

Mais 1.649 Projetos de Atividades Culturais foram selecionados pelo Ministério da Cultura para serem desenvolvidos nas 5 mil escolas públicas de Ensino Fundamental e Ensino Médio habilitadas para participarem do Programa Mais Culturas nas Escolas em 2013. As escolas selecionadas integram os Programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador do Ministério da Educação.

As instituições que tiveram seus projetos aprovados para participarem do Programa estão sendo divulgadas pelos Ministérios da Cultura e Educação e a primeira lista, com 1.001 escolas, foi publicada no site dos dois ministérios no dia 10 de janeiro e a segunda, com mais 447 escolas foi divulgada no dia 13 de fevereiro. A última lista será divulgada em 15 de abril.

Nesta terceira lista, somando um total de 3.096 projetos selecionados foram priorizadas as avaliações de Planos de Atividades dos territórios com maior volume de inscrições, que integram os estados do Ceará, Bahia, Maranhão e Pará e na maioria das escolas os alunos são beneficiários do Programa Bolsa Família. Também constam da lista municípios do Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul. A lista destes três estados ainda não foi finalizada pela Comissão de Avaliação.    

O Programa Mais Cultura nas Escolas, uma parceria dos Ministérios da Cultura e da Educação, tem investimento de R$ 100 milhões em sua primeira etapa e cada projeto selecionado receberá entre R$ 20 mil e R$ 22 mil para desenvolver as atividades culturais, que devem ser iniciadas em abril de 2014.

Os recursos, que serão repassados diretamente às escolas, por meio do Programa Dinheiro Direto nas Escolas do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (PDDE/FNDE), deverão ser investidos na  contratação de serviços culturais relacionados às atividades artísticas e pedagógicas.

O valor é calculado conforme o número de alunos matriculados na escola e o recurso deverá ser investido na  contratação de serviços culturais relacionados às atividades artísticas e pedagógicas, que poderão acontecer dentro ou fora da escola - durante o ano letivo, por no mínimo 6 meses.

O Mais Cultura Nas Escolas pretende potencializar processos de ensino e aprendizado por meio da democratização do acesso à cultura e da integração de práticas criativas e da diversidade cultural brasileira à educação integral.

Eixos Temáticos

Cada um dos projetos inscritos poderia dialogar com um ou mais eixos. Desse modo, o Mais Cultura nas Escolas procura incentivar o diálogo entre as várias linguagens artísticas e a diversidade da cultura brasileira. Os nove eixos temáticos estabelecidos  pelo Programa são: Criação, Circulação e Difusão da Produção Artística; Cultura Afro-brasileira; Promoção Cultural e Pedagógicas em Espaços Culturais; Educação Patrimonial; Tradição oral; Cultura Digital e Comunicação; Educação Museal; Culturas Indígenas; e Residências Artísticas para Pesquisa e Experimentação nas Escolas.

Projetos Aprovados

Dentre os projetos selecionados está o do Colégio Municipal Papa João Paulo II, da Cidade de Ferreiros (PE), que terá uma iniciativa cultural desenvolvida pelo mestre da Cultura Popular Severino Miguel. Conhecido como mestre Tíndara, Severino Miguel é poeta, mestre de maracatu e de cavalo marinho, além de cirandeiro, conhecedor de coco de roda e aruanda. Por meio do mestre Tíndara, a escola oferecerá oficinas de dança, canto, percussão e costura, propiciando aos alunos reflexões sobre a questão antropológica do folguedo e o papel que ele representa na preservação das origens da identidade local da comunidade e da cidade.

No final do projeto será criado um grupo de percussão e uma ala de baianas que representarão os folguedos maracatu baque-solto e baque-virado. Os figurinos serão confeccionados pelos próprios alunos que aprenderão como fazê-los na oficina de bordados e costura.

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Jornalista Raimundo Nonato Batista de João Pessoa  (PB) desenvolverá um Projeto de Atividade Cultural, em parceria com a Central Única das Favelas e com a Associação Cultural e Esportiva da Paraíba, promovendo ações de integração escolar utilizando os elementos culturais do e artísticos do Hip Hop – como a dança de rua, o graffiti e o rap – como ferramenta de mobilização e formação. Os alunos participarão de palestra e debates que abordarão os temas Violência e Juventude, Sexualidade na Juventude, Combate às Drogas, Protagonismo Juvenil e Juventude e Trabalho. Os alunos também participarão da produção de programas da Rádio Escolar Vozes do Vale e da Assembleia Escolar "PAPO RETO", momento no qual os estudantes, professores e funcionários discutirão propostas para a ampliação das ações positivas e problemáticas a ser resolvido coletivamente, como o intuito de estimular o empoderamento e o protagonismo na gestão escolar.

Confira aqui a lista com os 1.649 projetos.

Confira aqui a lista com as 1.448 escolas divulgadas nas duas listas anteriores.

 

Texto: Heli Espíndola, Ascom/SPC/MinC