Notícias

« Voltar

MinC assina acordo com Argentina para promover intercâmbio de artistas

 
 
9.3.2018 - 17:25  
Pablo Avelluto, Sérgio Sá Leitão e Stepan Nercessian assinaram o memorando de entendimento que possibilitará o intercâmbio de artistas entre os dois países (Foto: Ronaldo Caldas/Ascom MinC)
 
 
Os Ministérios da Cultura do Brasil e da Argentina vão promover o intercâmbio de artistas entre os dois países. Um memorando de entendimento assinado nesta sexta-feira (9/3) pelos ministros Sérgio Sá Leitão e Pablo Avelluto e pelo presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Stepan Nercessian, prevê o lançamento de editais para programas de intercâmbio de quatro semanas, em atividades de aprimoramento e troca de experiências.
 
O acordo, assinado na Escola Nacional de Circo, no Rio de Janeiro, estabelece que o intercâmbio poderá beneficiar anualmente até três artistas de cada país, nas áreas de circo, dança, artes visuais, música, teatro e literatura. Neste ano, a ideia é começar pela área de circo. Do lado brasileiro, caberá à Funarte selecionar e enviar os artistas. Na Argentina, a tarefa será desempenhada pela Direção Nacional de Cooperação Internacional do Ministério da Cultura.
 
"O que nós assinamos aqui tem um sentido simbólico de dar um pontapé inicial em uma importante parceria entre Brasil e Argentina na área da cultura. Uma semente que vai germinar e gerar frutos abundantes para os dois países", destacou o ministro Sérgio Sá Leitão.
 
Segundo Sá Leitão, após a definição do orçamento disponível para o intercâmbio, será lançada chamada pública no Brasil e na Argentina para a seleção dos artistas. "Minha expectativa é que possamos concluir o processo até o fim do ano. Queremos chegar ao Micsul (Mercado de Indústrias Culturais do Sul), cuja terceira edição será realizada este ano no Brasil, em novembro, já com tudo definido", informou. 
 
O ministro da Cultura argentino também destacou a importância da parceria entre os dois países. "Este é um primeiro passo. O que queremos é que nossas políticas culturais sigam em paralelo e que possamos nos integrar cada vez mais. Temos uma dívida com a integração de nossos planos culturais", afirmou Avelluto.
 
"É muito bom ver que estamos juntando quem nunca deveria andar separado. Temos muitas afinidades. Tenho certeza de que temos um belo caminho a seguir, que será favorável para o povo, os artistas e os intelectuais brasileiros e argentinos", destacou o presidente da Funarte, Stepan Nercessian.
 
A assinatura do memorando de entendimento faz parte de visita oficial de Avelluto ao Rio, acertada durante reunião bilateral realizada em dezembro de 2017, em Buenos Aires. O ministro argentino também visitou a Biblioteca Nacional, instituição vinculada ao MinC, e os museus do Amanhã e de Arte do Rio (MAR). O ministro argentino conheceu de perto experiências exitosas na gestão privada de museus, com ênfase em aspectos como o arcabouço jurídico, a sustentabilidade financeira, as parcerias institucionais e as estratégias de programação e de atração de público. 
 
Em almoço, Sá Leitão e Avelutto trataram também de outros temas da área cultural, como direitos autorais e estruturação dos respectivos Ministérios da Cultura. 
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura