Notícias

« Voltar

Ministros da Cultura do Mercosul se reúnem nesta sexta, no Rio

 

 

 

01.12.2017 - 10:10   

 
O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, participa nesta sexta-feira (1º/12), no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, da Reunião de Ministros da Cultura do Mercosul (RMC), instância de diálogo entre as autoridades culturais do Bloco. Na reunião será debatido e aprovado o plano de ação do Mercosul Cultural para o próximo biênio.
 
Além do plano de ação, será lançado o Mapa de Residências Artísticas do Mercosul, plataforma que permitirá o contato entre os artistas, a troca de informações sobre políticas públicas dos países do bloco e o intercâmbio de espaços de criação e treinamento. Também será apresentada a primeira edição dos Cadernos da Diversidade – revista digital com artigos sobre ações culturais dos países do Mercosul, que nesta primeira edição tratará de questões de gênero.
 
O Brasil exerce neste semestre a Presidência Pro Tempore do Mercosul. O Paraguai será o próximo país a assumir a Presidência Pro Tempore do Bloco no próximo semestre. O ministro da Cultura paraguaio, Fernando Griffith, confirmou presença no evento desta sexta. 

Sobre a RMC

Instituída em 1995, a RMC reforça o compromisso dos países do Mercosul de assumir a cultura como elemento estratégico para a integração da região. Conta com quatro países-membros – Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai – e sete países-associados – Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Peru e Suriname.
 
O Mercosul Cultural tem atuado em prol da preservação do patrimônio histórico e cultural que os países do bloco têm em comum. Desde 2013, seis bens já foram declarados patrimônio cultural do Mercosul: a Ponte Internacional Barão de Mauá, que liga a cidade de Jaguarão (RS), no Brasil, e Rio Branco, no Uruguai; La Payada/La Paya: forma de poesia improvisada vigente na Argentina, no Uruguai, no sul do Brasil e no Chile (junho de 2015); o Itinerário das Missões Jesuíticas Guarani, Moxos e Chiquitos; o Edifício-sede do Mercosul – Montevidéu; Chamamé: estilo musical tradicional da província de Corrientes, na Argentina; e mais recentemente Serra da Barriga – Parte Mais Alcantilada (Quilombo dos Palmares) e Cimarronaje Cultural (Patrimônio Cultural Imaterial do Povo Afrodescendente do Equador), do Sistema Cumbes, Quilombos e Palenques. 
 
Além da RMC, estão na estrutura do Mercosul Cultural o Comitê Coordenador Regional (CCR) e cinco comissões técnicas: Comissão da Diversidade Cultural (CDC), Comissão de Economia Criativa e Indústrias Culturais (Cecic), Comissão de Artes (CA), Comissão do Patrimônio Cultural (CPC) e o Foro de Informações Culturais (Sicsul).
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura