Notícias

« Voltar

Na França, Sá Leitão participa da abertura do Festival de Annecy

 
 
8.6.2018 - 19:40  
 
 
O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, participa nesta segunda-feira (11) à noite, na cidade de Annecy, na França, da abertura do Festival de Annecy, maior evento de animação do mundo. O festival vai homenagear o Brasil neste ano. Além da exibição do filme O menino e o mundo, do cineasta brasileiro Alê Abreu, haverá uma exposição sobre os 100 anos da animação brasileira e o lançamento do livro Animação brasileira – 100 filmes essenciais
 
Em sua viagem à França, Sá Leitão terá compromissos também em Paris. Na quarta-feira (13), ele se reunirá com a diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e Cultura (Unesco), Audrey Azoulay, para renovar o credenciamento do Centro Lúcio Costa (CLC), do Rio de Janeiro, como centro de categoria 2 da Unesco para o Patrimônio Mundial.
 
Em Annecy, Sá Leitão almoçará nesta segunda-feira (11) com dirigentes da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA). O almoço antecede a abertura da exposição Brasil quadro a quadro − 100 anos da animação brasileira. O ministro será acompanhado pelo diretor-presidente da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Christian de Castro.
 
Realizada com recursos disponibilizados pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura (MinC), por meio do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), e com apoio da Lei Rouanet, a exposição recria a linha do tempo da história do cinema de animação no Brasil, desde a primeira produção nacional em animação documentada − o curta-metragem O Kaiser, de 1917, do cineasta Álvaro Martins.
 
O projeto da exposição 100 Anos de Animação Brasileira, que recebeu cerca de R$ 340 mil do FSA, surgiu a partir de uma pesquisa cujo objetivo era recontar a evolução do cinema de animação no País, por meio da exibição de filmes, campanhas publicitárias, materiais originais, fotos, desenhos, textos, registros em vídeo e de materiais de acervo. Já o livro Animação brasileira – 100 filmes essenciais é um trabalho conjunto da ABCA, da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), do Canal Brasil e da editora Letramento.
 
O filme O menino e o mundo, que concorreu ao Oscar de melhor animação em 2016, será exibido após a abertura do festival, em sessão ao ar livre (open air screening).
 
Centro Lúcio Costa
 
Em Paris, na quarta-feira (13), o ministro fará uma visita de cortesia à diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay, na sede da Organização. Sá Leitão e Azoulay, que foi ministra da Cultura da França antes de dirigir a Unesco, aproveitarão para assinar a renovação do credenciamento do Centro Lúcio Costa. 
 
Vinculado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o CLC é um centro de formação profissional para aperfeiçoar a gestão do patrimônio cultural e promover a cooperação entre países de língua portuguesa e espanhola, na América do Sul, na África e na Ásia. A cada seis anos, seu credenciamento junto à Unesco deve ser renovado.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura