Notícias

Nomeados novos secretários e presidente do Ibram

Carlos Roberto Brandão (no alto) vai para o Instituto Brasileiro de Museus, Ivana Bentes para a Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural e Vinicius Wu para a Secretaria de Articulação Institucional. (Fotos de Richard Meckien, Janine Moraes e Palácio Piratini)
27.1.2014 - 16:08
 
O Ministério da Cultura (MinC) divulgou nesta terça-feira, em portaria no Diário Oficial da União, dois novos secretários e o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). A professora e pesquisadora Ivana Bentes e o historiador Vinícius Wu assumirão, respectivamente, as secretarias da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC) e de Articulação Institucional (SAI). Carlos Roberto Ferreira Brandão, professor titular do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (USP), assumirá o Ibram.
 
Amazonense de Parintins, Ivana Bentes atua na área de comunicação e cultura, com destaque para os seguintes temas: estética, audiovisual, cinema, cultura digital e imaginário social e pensamento contemporâneo. De 2006 a 2013, foi diretora da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde foi responsável pela implantação do Laboratório Cultura Viva, projeto de apoio e fomento à produção audiovisual dos Pontos de Cultura. 
 
Graduado em História pela UFRJ, Vinicius Wu é especialista em cultura digital. Até o final de 2014, atuou como secretário geral de governo e coordenador-geral do Gabinete Digital do estado do Rio Grande do Sul. Foi também assessor especial do Ministro da Justiça, chefe de gabinete da Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça e membro do Conselho Nacional de Juventude da Presidência da República. 
 
Doutor em Ciências Biológicas, Carlos Roberto Ferreira Brandão é vice-diretor do Instituto de Estudos Avançado da USP. Entre 2010 e 2013, foi membro do Comitê Executivo do Conselho Internacional de Museus (Icom), além de ter presidido o Comitê Brasileiro no período 2006-2010. Integra conselhos de entidades culturais, da Comissão de Cooperação Internacional (CCInt) da USP e da Câmara Setorial de Museus da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.  

Sobre as secretarias e o Ibram

A Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC) tem dentre as suas atribuições planejar, coordenar, monitorar e avaliar políticas, programas, projetos e ações para a promoção da cidadania e da diversidade cultural brasileira. Também compete à secretaria promover e fomentar programas, projetos e ações que ampliem a capacidade de reconhecimento, proteção, valorização e difusão do patrimônio, da memória, das identidades, e das expressões, práticas e manifestações artísticas e culturais.
 
A Secretaria de Articulação Institucional (SAI) promove a articulação federativa por meio do Sistema Nacional de Cultura (SNC) e cuida da integração de políticas, programas, projetos e ações culturais executadas pela União, estados, Distrito Federal e municípios, com a participação da sociedade. Articula-se com órgãos e entidades públicas e privadas visando o desenvolvimento cultural, social e econômico do país, entre outras competências.
 
O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) é uma autarquia vinculada ao Ministério da Cultura. É responsável pela Política Nacional de Museus (PNM) e pela melhoria dos serviços do setor – aumento de visitação e arrecadação dos museus, fomento de políticas de aquisição e preservação de acervos e criação de ações integradas entre os museus brasileiros. Também é responsável pela administração direta de 30 museus.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura