Notícias

« Voltar

Reaproveitamento e originalidade na Funarte em Brasília

 
 
11.8.2017 - 10:15  
Na Funarte Brasília, paletes e outros materiais dão origem a móveis, como sofás e mesas (Foto: Funarte)
 
 
Um jeito diferente e original de aproveitar materiais que iriam para o lixo. No Complexo Cultural da Fundação Nacional de Artes (Funarte) em Brasília, 40 paletes e outros materiais dão origem a móveis, como sofás e mesas, para uso da própria Fundação. O que tornou o projeto possível foi a parceria firmada, na última semana, com a designer de móveis Ana Cristina Rabello. 
 
"O projeto surgiu da necessidade de melhorar o espaço para servidores e artistas, mas também para promover a consciência dos servidores da necessidade de reutilizar, reciclar e criar sem onerar, além de sensibilizar para o nosso papel maior de servir à comunidade", explica o coordenador de Difusão Cultural da Funarte em Brasília, João Carlos Corrêa.
 
A ideia do projeto é fornecer móveis aos camarins dos artistas, localizados nos teatros da fundação, e à recepção dos produtores. E é o trabalho voluntário dos próprios funcionários da Funarte, quando têm um tempo livre, que dá origem aos móveis, sob orientação da designer Cristina Rabello.
 
"A ideia é ensinar e modelar o espaço com técnica 3Rs: reduzir, reciclar, reutilizar", explica a designer. "Já fizemos três sofás, mesa de centro, jardim vertical, portas-xícara e estamos fazendo o piso. O trabalho deve seguir até a próxima semana", completa. 
 
Para a produção dos móveis, a Funarte aceita doações de retalhos de tecidos, sobras de espuma, spray prata e dourado, entre outros materiais. A fundação também aceita empréstimos de equipamentos de marcenaria, como lixadeiras, serras circulares, martelos, tico-ticos (serra para cortar madeira) e compressor pequeno, entre outros. 
 
Os objetos podem ser deixados na sede da Funarte, no Eixo Monumental, próximo à Torre de TV, no centro de Brasília. Informações pelo telefone (61) 3322-2032. 
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura