O Dia do Ministro

« Voltar

Freire discute regulação do setor de TVs por assinatura no Brasil

 
 
24.04.2017 - 20:47  
Reunião com representantes das empresas de tevê por assinatura foi realizada em Brasília (Foto: Acácio Pinheiro/Ascom MinC)
 
 
O ministro da Cultura, Roberto Freire, solicitou sugestões dos representantes das empresas de canal por assinatura que atuam no Brasil para aprimorar as regras que regulam o setor. O pedido foi feito durante audiência realizada na tarde desta segunda-feira (24), em Brasília (DF).
 
Participaram executivos da Administração da Television Association of Programmers International (TAP): o presidente do Conselho da América Latina, Gustavo Pupo Mayo, o diretor executivo da TAP Brasil, Carlos Alckimim, e o Relações Governamentais da empresa, Antonio Carlos Umbelino. Também estiveram presentes representantes da Turner International, Fernanda Tomasoni, da Sony Entertainment Television, Guilherme Rodrigues Anders, e da Umbelino Lôbo Assessoria e Consultoria, Lucas Lucchesi.
 
Para os representantes das empresas, as dificuldades impostas pelos rigores e pela burocracia dificultam o aporte de novos investimentos no setor. Em resposta, o ministro destacou que o Ministério da Cultura está atento às reivindicações feitas, especialmente ao que se refere à desburocratização. "Certamente vamos levar em consideração essa indústria audiovisual tem no futuro do País", afirmou.
 
De acordo com o ministro, a pasta está buscando com todos os setores, que têm relacionamento com a Ancine ou com o Ministério da Cultura, contribuições para que essa desburocratização possa ser concretizada. "Um exemplo excelente, atual e concreto é a Lei Rouanet, cuja modernização levou em conta a opinião de artistas, produtores e captadores. Vamos aguardar as sugestões que serão enviadas por cada um. Estamos abertos ao diálogo e iremos sempre trabalhar em prol de um consenso", declarou.
 
Assessoria de Comunicação Social
Ministério da Cultura