O Dia do Ministro

« Voltar

Patrimônio histórico é tema de reunião entre ministro e prefeito da Ilha de Itamaracá (PE)

15.09.2017 - 18:20   

Na pauta do Ministério da Cultura, a preocupação para manutenção do rico patrimônio histórico da Ilha de Itamaracá, no litoral norte do estado de Pernambucano (Foto: Acácio Pinheiro / Ascom MinC)
 
O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, recebeu o deputado Federal Fernando Monteiro (PP/PE) e o prefeito da Ilha de Itamaracá, Mosar Filho, em reunião em Brasília, nesta quarta-feira (13). Na pauta, a preocupação para manutenção do rico patrimônio histórico da ilha no litoral norte do estado de Pernambucano.
 
O município guarda a história da invasão holandesa no século XVII e também do período da colonização portuguesa. O Forte de Orange, por exemplo, foi tombado em 1938 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), vinculado ao Ministério da Cultura. Construído em taipa de pilão, o forte recebeu este nome em homenagem ao príncipe holandês Frederico Henrique de Orange, tio de Maurício de Nassau. Posteriormente, já sob domínio português, o Forte passou a ser chamado Fortaleza de Santa Cruz, por estar localizado na entrada Sul do canal de mesmo nome. Junto ao instituto federal ainda está em processo a análise de tombamento da Igreja Nossa Senhora da Conceição.
 
Para outro patrimônio da ilha, o engenho São João, o parlamentar apresentou ao ministro projeto para restauro e criação de um complexo cultural no local. Tombado a nível estadual, o espaço reúne, dentre outras construções, o casarão onde viveu o abolicionista João Alfredo Corrêa de Oliveira e a primeira moenda a vapor do Brasil.
 
Ao reconhecer a riqueza cultura do município, o ministro sugeriu a apresentação de emendas parlamentares para projetos com modelo de restauração do PAC Cidades Históricas como forma de viabilizar o complexo cultural. Ainda foi agendada uma reunião com a Superintendência do Iphan em Pernambuco para uma conversa de caráter mais técnico. Também participaram da reunião os secretários municipais Bruno Dantas e Walter Costa.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura