O Dia do Ministro

« Voltar

Villa-Lobos Project é discutido durante audiência no MinC

 


12.4.2017 - 20:10

O ministro da Cultura, Roberto Freire, iniciou esta quarta-feira (12) em reunião com a pianista Sonia Rubinsky e o deputado federal Carlos Sampaio (PSDB/SP). A artista veio ao Ministério da Cultura (MinC) apresentar a Freire o Villa-Lobos Project, que busca ampliar o espaço do compositor e da música erudita brasileira no cenário mundial. "Queremos que Villa-Lobos deixe de ser conhecido internacionalmente apenas como um compositor brasileiro e passe a ser reconhecido como compositor. Esse termo brasileiro lá fora traz uma imagem de música exótica e dificulta nosso trabalho para divulgar a rica e ampla produção do autor", destacou Sonia. "Antes, o finlandês [Jean] Sibelius e o russo [Dmitri] Shostakovich, por exemplo, também levavam sua nacionalidade após a palavra compositor. Seus países realizaram um trabalho similar ao que estamos fazendo com Villa-Lobos e hoje eles não são vistos mais assim. Recentemente, a Orquestra de Paris gravou todos os concertos de Sibelius", contou.
 
Segundo Sonia, o projeto visa mobilizar e sensibilizar atores culturais ao redor do mundo sobre a importância de Villa-Lobos. A ideia é trabalhar para que importantes orquestras internacionais se interessem em interpretar peças do compositor em seus concertos. Entre as ferramentas para alcançar esse objetivo estão produzir minidocumentários em cinco idiomas sobre a vida e a obra de Villa-Lobos. "Também pretendemos enviar brasileiros para ensinar músicos de outros países, sobretudo europeus, sobre a tradição da interpretação da música brasileira. Para tocar corretamente, eles precisam entender e aprender a ginga da nossa música", afirmou a pianista. Para viabilizar a iniciativa, orçada em R$ 1,5 milhão, o ministro Roberto Freire sugeriu que seja elaborado um projeto para arrecadação de recursos via Lei Roaunet.
 
Em seguida, Freire recebeu prefeitos e secretários de cidades históricas de Minas Gerais, que vieram a Brasília para o 3º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial. Participaram do encontro José Fernando Aparecido de Oliveira, prefeito de Conceição do Mato Dentro e presidente da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais (ACHMG); Sérgio Rodrigo Reis, secretário de Cultura de Congonhas; Antônio Odaque da Silva, secretário de Planejamento de Congonhas; Guilherme Simões Neves, prefeito de Serro; Grizielle Campos, secretária de Cultura de Serro; Juscelino Brasiliano Roque, prefeito de Diamantina; Alexandre Magno Leite Dias, secretário de Governo de Diamantina; Isca Costa Arruda, secretário de Cultura de Paracatu; Ana da Cruz Alcantara Campos Vieira, secretária-executiva da ACHMG; Marcílio Valadares, prefeito de Pitangui; e Raimundo Benoni, secretário de Infraestrutura Cultural do MinC.
 
Freire também se reuniu com o presidente do Festival do Japão, Toshio Ichikawa, o coordenador do evento, Jarbas Prado, e a deputada federal Keiko Ota (PSB-SP). Durante o encontro, Ichikawa convidou o ministro para participar da abertura do Festival, que ocorrerá entre 7 e 9 de julho deste ano, na cidade de São Paulo. Nas últimas edições, o evento contou com apoio da Lei Rouanet.
 
Outro compromisso do ministro foi com o prefeito de Itacoatiara (AM), Frank Queiroz, que apresentou projeto para a realização da 32ª edição do Festival de Canção de Itacoatiara, realizado anualmente no mês de setembro e o maior festival de música da Região Norte do Brasil. "O Festival da Canção de Itacoatiara fomenta a cultura local, além de gerar oportunidades de turismo e negócios para a população da cidade e da região. Reúne mais de 250 mil pessoas para assistir a 39 competições nas áreas da música, aeromodelismo e dança, entre outros", informou Queiroz. Também participaram do encontro o subchefe de gabinete do senador Eduardo Braga (PMDB/AM), Marinho dos Santos, o assessor da prefeitura de Itacoatiara Igor Menezes, o chefe de gabinete do ministro, Bruno Soller, e a chefe da Assessoria Parlamentar do MinC, Priscilla Corrêa.
 

Na sequência, Freire debateu projetos culturais para Tocantins com o deputado federal César Halum (PRB-TO). Entre os temas abordados estiveram a reforma do principal cinema da cidade de Porto Nacional e a liberação de emenda parlamentar aprovada em 2016 que destina recursos para quadrilhas juninas, uma das manifestações artísticas mais populares do estado. Participaram ainda da reunião a deputada Josi Nunes (PMDB-TO), o secretário estadual de Cultura, Alexandre Castro, a superintendente estadual do Desenvolvimento da Cultura, Noraney Fernandes, o prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia, o secretário da Cultura e do Turismo de Porto Nacional, Arnaldo Logrado, o supertendente da Cultura e do Turismo de Porto Nacional, Geovane dos Santos, o diretor da Federação Junina do Estado do Tocantins, Wilson Alves, e o chefe da Representação do Tocantins em Brasília, Renato de Assunção.

O fortalecimento da cultura típica dos gaúchos foi o tema da reunião entre o ministro Roberto Freire e o deputado federal Jones Martins (PMDB/RS). Freire reconheceu a importância das tradições e explicou que o Ministério está apoiando a possível candidatura dos Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) a integrar a Lista de Melhores Práticas de Salvaguarda da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). 
 
O ministro também recebeu o senador Benedito de Lira (PP-AL), e o presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural  de Maceió, Vinícius Palmeira. Na pauta, emendas parlamentares e apoio para recuperação do casarão onde nasceu o ensaísta e lexicógrafo Aurélio Buarque de Holanda, em Passo de Camaragibe (AL). Também particiaram da reunião a secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural do MinC, Débora Albuquerque, e o chefe de gabinete do ministro, Bruno Soller.
 

Roberto Freire ainda recebeu o senador Davi Alcolumbre (DEM/AP), vice-líder do governo e líder da bancada do Amapá, e o prefeito de Macapá, Clécio Luiz Vilhena, para tratar de projetos culturais de interesse do estado. O foco da conversa foram os projetos Verão Macapá e Projeção Cultural do Mundo, além da realização de uma virada cultural aos moldes do evento realizado em São Paulo, porém com foco na apresentação de artistas regionais. Freire deu encaminhamento interno aos dois projetos e se prontificou em ajudar no contato com os organizadores da virada cultural paulista para que possam dar orientações na construção do evento do Amapá. Também participou da reunião a secretária municipal de Turismo de Macapá, Juli Pereira, e o chefe de gabinete do ministro, Bruno Soller.

A última audiência do dia foi com o prefeito de Alenquer (PA), Juraci Sousa. O ministro propôs a construção de uma biblioteca pública no município, que poderá ser desenvolvido pela prefeitura por meio de emendas parlamentares no próximo ano. Com cerca de 70 mil habitantes, a cidade está localizada a 48 km de Santarém (PA).

Ministro Roberto Freire, Sonia Rubinsky e deputado Carlos Sampaio (foto: Edson Leal/Ascom MinC) Da esquerda para a direita, Sérgio Rodrigo Reis, Antônio Odaque da Silva, Guilherme Simões Neves, Grizielle Campos, Jose Fernando Aparecido do Oliveira, ministro Roberto Freire, Ana da Cruz Alcantara Campos Vieira, Isca Costa Arruda, Juscelino Brasiliano Roque, Raimundo Benoni, Alexandre Magno Leite Dias e Marcílio Valadares (Foto: Edson Leal)
   
Toshio Ichikawa, deputada Keiko Ota, ministro Roberto Freire e Jarbas Prado (Foto: Edson Leal/Ascom MinC) Prefeito de Itacoatiara (AM), Frank Queiroz (direita) apresentou ao ministro Roberto Freire projeto para a realização da 32ª edição do Festival de Canção de Itacoatiara (Foto: Edson Leal)
   
Da esquerda para a direita, Geovane dos Santos, Arnaldo Logrado, Joaquim Maia Leite Neto, Josi Nunes, ministro Roberto Freire, Noraney Fernandes, Wilson Alves, Alexandre Castro Silva, César Halum e Renato de Assunção (Foto: Edson Leal/Ascom MinC) Deputado Jones Martins e ministro Roberto Freire (Foto: Janine Moraes/Ascom MinC)
   
Secretaria Débora Alburqueque, senador Benedito de Lira, ministro Roberto Freire, Vinicius Palmeira e Bruno Soller (Foto: Edson Leal/Ascom MinC)
Luiz Vilhena, prefeito de Macapá, ministro Roberto Freire, Juli Pereira, Secretária de Turismo de Macapá, e Senador Davi Alcolumbre/DEM-AP (Foto: Janine Moraes/Ascom MinC)
   
 
Prefeito de Alenquer (PA), Juraci Sousa, com o ministro Roberto Freire (Foto: Janine Moraes/Ascom MinC)  
   

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura