Cultura nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

« Voltar

Danças gaúchas revelam tradição durante passagem da tocha

05.07.2016 - 18:50   
Grupo folclórico Calhandra apresentará um repertório de danças gaúchas típicas (Foto: Divulgação)
 
 
Há 200 anos, no município São Sepé, interior do Rio Grande do Sul, uma chama se mantém acesa, ininterruptamente, na fazenda Boqueirão. A tradição, mantida pela família Simões Pires, representa a união do povo. "Quando as pessoas estavam com frio, se reuniam lá", explica a secretária de Cultura e Educação de São Sepé, Paula Machado.
 
Nesta quarta-feira (05), outra chama passará por lá, levando a mesma mensagem de fraternidade e união: a tocha olímpica. O trajeto pelo município incluirá diversas apresentações culturais, danças tradicionais de grupos folclóricos e toque dos hinos nacional e do município.
Um dos grupos folclóricos que se apresentará é o Calhandra, fundado há 22 anos.
 
Na apresentação desta quarta, o repertório inclui danças gaúchas típicas, como o xote de duas damas e o maçanico, realizadas por 40 crianças de 5 a 13 anos. As Olimpíadas ainda serão tema de uma coreografia do grupo. "As crianças irão dançar com fitas e arcos que formam o símbolo olímpico", explica Magally Ilha, coordenadora do Calhandra.
 
Após passar por Sepé, o símbolo olímpico cruza ainda quatro municípios do estado gaúcho: Caçapava do Sul, Canguçu, Rio Grande e Pelotas.  Em Caçapava, a passagem da tocha também mobilizou centros educacionais da região. É o caso da escola de ensino fundamental Presidente Getúlio Vargas, que fortaleceu a abordagem dos temas cultura e esporta nas atividades.
 
Por lá, cerca de 50 alunos, de 10 a 14 anos, apresentarão um espetáculo de teatro sobre a história das Olimpíadas e o revezamento da tocha olímpica.  "Os alunos estão muito entusiasmados. (Acredito que) educação e cultura andam juntas, sempre trazemos teatro, arte e esporte para dentro da escola", conta a diretora Edimara Furtado.

O MinC e a Tocha

O percurso da tocha abre espaço para a exibição das mais diversas expressões culturais do País ao mundo. Atento a essa oportunidade, o Ministério da Cultura (MinC) realizou convênio com prefeituras de capitais do Brasil para apoiar atividades de promoção cultural durante a passagem da Tocha Olímpica.
 
O projeto Celebrações nas Cidades do Revezamento da Tocha Olímpica destinará de R$ 192 mil a R$ 250 mil para 17 capitais, das cinco regiões brasileiras, organizarem eventos que devem, preferencialmente, ser realizados em espaços públicos de grande circulação. As atividades ainda devem divulgar a cultura, a arte e a gastronomia locais.

Cidades por onde a tocha passará nesta semana

Dia 07/07

São Lourenço do Sul (RS), Camaquã (RS), Guaíba (RS), Porto Alegre (RS)
 

Dia 08/07

Canoas (RS), Esteio (RS), Novo Hamburgo (RS), Gramado (RS), Canela (RS), Nova Petrópolis (RS), Caxias do Sul (RS)
 

Dia 09/07

Bento Gonçalves (RS), Torres (RS), Sombrio (SC), Araranguá (SC), Criciúma (SC)
 

Dia 10/07

Tubarão (SC), Florianópolis (SC), Laguna (SC), Palhoça (SC) e São José (SC)
 
 
Cecília Coelho
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura