Cultura nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

« Voltar

Sorrisos à solta na passagem da tocha por Santa Maria (RS)

04.07.2016 - 17:30   
A Cia Sorriso com Arte foi uma das contempladas pelo Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo em 2010 (Foto: Patricio Orozco-Contreras)
 
 
A junção da arte circense, do teatro e da dança garantiram à Cia Sorriso com Arte, fundada há 15 anos em Santa Maria (RS), um público adepto. Desde sua criação, o grupo ganhou espaço cada vez maior no município e conquistou, além do palco de escolas, o próprio galpão. A companhia também foi uma das contempladas pelo Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo em 2010.
 
Nesta terça-feira, com a passagem da tocha olímpica pela cidade, o grupo promoverá uma apresentação diferente. "Vamos trabalhar com aparelhos circenses simbolizando as argolas olímpicas", adianta Karine Pissutti, diretora da Cia Sorriso com Arte.  "O espetáculo inteiro é coreografado com dança, teatro e circo", completa.
 
Para Karine, a programação em torno da passagem da tocha busca valorizar não apenas os atletas, mas também a cultura da cidade. "(A passagem da chama) uniu muito toda a comunidade e a expectativa é que essa união permaneça", diz.
 
A artista Giulia Nunes, 20 anos, está na cia desde a sua fundação. Entrou como aluna e, hoje, leciona arte circense. Nesta terça, Giulia será uma das que se apresentará. "Minha expectativa é boa", diz.
 
Além de promover espetáculos, o grupo realiza oficinas gratuitas e atende, em média, 150 crianças no espaço da arte circense. Segundo a diretora, o Prêmio Carequinha, promovido pela Fundação Nacional de Artes (Funarte), entidade vinculada ao Ministério da Cultura, foi fundamental para o crescimento do grupo. "Foi o pontapé inicial que permitiu a apresentação de nosso primeiro espetáculo estruturado", lembra.
 
Além de Santa Maria (RS), a chama olímpica passa, nesta terça-feira (5), por Encantado (RS), Lajeado (RS) e Santa Cruz do Sul (RS). Na quarta-feira (6), ela cruzará São Sepé (RS), Caçapava do Sul (RS), Canguçu (RS), Rio Grande (RS) e Pelotas (RS).

Prêmio Carequinha 

O Prêmio Carequinha tem como objetivo promover, mediante seleção, a concessão de prêmios que apoiam, parcial ou integral, a circos, companhias, empresas, trupes ou grupos circenses, por meio da destinação de recursos que viabilizem projetos de artes circenses nas diversas regiões do país.

O MinC e a tocha  

O percurso da tocha abre espaço para a exibição das mais diversas expressões culturais do País ao mundo. Atento a essa oportunidade, o Ministério da Cultura (MinC) realizou convênio com prefeituras de capitais do Brasil para apoiar atividades de promoção cultural durante a passagem da Tocha Olímpica.
 
O projeto Celebrações nas Cidades do Revezamento da Tocha Olímpica destinará de R$ 192 mil a R$ 250 mil para 17 capitais, das cinco regiões brasileiras, organizarem eventos que devem, preferencialmente, ser realizados em espaços públicos de grande circulação. As atividades ainda devem divulgar a cultura, a arte e a gastronomia locais.
 
 
Cecília Coelho
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura