Por dentro do Ministério

Cada município, uma biblioteca

Campanha institucional é lançada no site do MinC e dos
demais parceiros do Programa. O objetivo é zerar o número de municípios sem
bibliotecas no País


O Ministério da Cultura, através do Programa Mais Cultura, irá zerar em julho deste ano o número de municípios brasileiros sem biblioteca pública municipal. Segundo dados do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, são 661 municípios que não possuem esses equipamentos. O Programa Mais Cultura investiu R$ 37,18 milhões na aquisição dos kits, que incluem dois mil livros, mobiliários, computador, televisão de 29 polegadas, aparelho de DVD e de som.


Segundo a secretária de Articulação Institucional do MinC, Silvana Meireles, coordenadora do Programa Mais Cultura, além de universalizar as bibliotecas públicas municipais, o programa quer estimular o gosto pela leitura e o acesso aos livros. "Temos uma visão ampliada da biblioteca como espaço de fruição, difusão e produção cultural. Nós queremos que as bibliotecas se tornem centros culturais dinâmicos e interativos, estimulando a formação cidadã, o convívio social e o desenvolvimento regional", destaca a secretária.



Outra ação de estímulo à leitura é a modernização de bibliotecas públicas municipais, na qual somente em
2008 foram investidos R$ 24,31 milhões na aquisição de kits que atenderão 444 municípios. As  bibliotecas modernizadas recebem mil livros, mobiliários, almofadas, pufes, tapetes e telecentro digital com acesso à internet em alta velocidade (banda larga).


No Brasil, 73% dos livros estão concentrados nas mãos de apenas 16% da população, revela a Pesquisa de
Informações Básicas Municipais (Munic) de 2006, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Campanha "Cada município, uma biblioteca"


Para garantir que todos os municípios sejam beneficiados, o MinC lançou a campanha Cada município, uma biblioteca, na qual o cidadão poderá ajudar a fiscalizar se há de fato esse equipamento em sua cidade. O objetivo do Programa Mais Cultura é zerar o número de municípios sem esse equipamento em todo o Brasil. Para participar, acesse o site www.cultura.gov.br e responda a pergunta "Seu município tem biblioteca pública municipal?"


Programa Mais Cultura


Lançado em outubro de 2007, o Programa Mais Cultura integra a agenda social do governo federal e marca o reconhecimento da cultura como necessidade básica e importante vetor para o desenvolvimento social, econômico e sustentável do país. O programa é direcionado preferencialmente à população de baixa renda, especialmente, jovens em situação de vulnerabilidade social, oriunda das classes C, D e E.



Em 2008, o Mais Cultura executou 90% do orçamento previsto ao Programa, totalizando R$ 199
milhões. O orçamento previsto para 2009 é de R$ 257 milhões, sendo que o investimento do Programa Mais Cultura deverá ultrapassar consideravelmente esse valor, uma vez que 23 estados já
aderiram ao Programa e este prevê contrapartida dos parceiros em grande parte de
suas ações. Além disso, a coordenação do Mais Cultura iniciou em 2009 o diálogo com os municípios para que eles também possam aderir ao Programa.

Durante o primeiro ano, o Mais Cultura procurou aprimorar ações já existentes e criar novos produtos, que pudessem dar conta das demandas e necessidades da infância e juventude, centrando suas ações prioritariamente nos 410 municípios atendidos pelos Territórios da Cidadania (MDA) e nas áreas do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci/MJ).


Suas ações estão agrupadas em três eixos:




  • Cultura e Cidadania:


Pontos de Cultura, Cine Mais Cultura, Conteúdos para TV Pública,
Espaço de Brincar, Pontos de Leitura, Agentes de Leitura, Livros Mais Cultura e
Vale Cultura;


  • Cultura e Cidades:


Espaço Mais Cultura, Bibliotecas Mais Cultura (implantação e modernização) e
Pontos de Memória;


  • Cultura e Economia:


Microprojetos Mais Cultura, Microcrédito Cultural e Promoart – Promoção do Artesanato de Tradição.


(Tatiana Sottili, SAI/MinC)