Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural – SCDC

Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural
Ivana Bentes
Tel.: (61) 2024-2875
E-mail: agenda.scdc@cultura.gov.br
 
Diretor 
Alexandre Santini
Tel.: (61) 2014-2772
E-mail: Alexandre.Santini@cultura.gov.br
 
Chefe de Gabinete
Claudia Schulz
Tel.: (61) 2024-2933
E-mail: claudia.schulz@cultura.gov.br
 
Assessora de Comunicação e Difusão
Raissa Galvão
Tel.: (61) 2024-2835
E-mail: raissa.galvao@cultura.gov.br
 
Coordenação de Comunicação e Difusão 
Fernanda Quevedo
Tel.: (61) 2024-2921
E-mail: fernanda.quevedo@cultura.gov.br 
 
Assessora
Rejane de Cássia Barbosa da Nóbrega
E-mail: rejane.nobrega@cultura.gov.br 
Coordenação-Geral de Programas e Projetos Culturais 
 
Coordenador-Geral
Daniel Castro Dória de Menezes
Tel.: ( 61) 2024-2989
E-mail: daniel.castro@cultura.gov.br 
 
Coordenação de Desenvolvimento de Programas e Projetos
Sandra Cipriano
Tel.: (61) 2024-2866
E-mail: sandra.chaves@cultura.gov.br
 
Coordenação de Seleção e Normatização 
Gildo Rêgo
Tel.: (61) 2024-2785
E-mail: gildo.rego@cultura.gov.br 
 
Coordenação de Execução de Programas e Projetos 
Teresinha Pereira
Tel.: (61) 2024-2887
E-mail: teresinha.pereira@cultura.gov.br
 
Coordenação de Apoio Administrativo
Daniele Malaquias
Tel.: (61) 2024-2759
E-mail: daniele.malaquias@cultura.gov.br
 
Coordenação de Cooperação e Articulação
Deborah Lobo
Tel.: (61) 2024-2791
E-mail: deborah.lobo@cultura.gov.br
 
Coordenador-Geral de Acompanhamento e Fiscalização 
Isabelle Cristine da Rocha Albuquerque
Tel.: (61) 2024-2479
E-mail: isabelle.albuquerque@cultura.gov.br 
 
Coordenador de Fiscalização
Cristiano Liberal Silva
Tel.: (61) 2024-2897 
E-mail: cristiano.liberal@cultura.gov.br 
 
Coordenação de Acompanhamento da Execução 
Júlia Fúria
Tel.: (61) 2024-2954
E-mail: julia.furia@cultura.gov.br
 
Coordenação de Prestação de Contas e Avaliação 
Rafael Otávio Oliveira
Tel.: (61) 2024-2828
E-mail: rafael.otavio@cultura.gov.br

Serviços

Cadastre seu email e receba mais informações sobre a SCDC.

Acesse a Linha do Tempo Cultura Viva.

Sugestão de pauta, demandas de comunicação, agendamento de entrevistas, dúvidas sobre aplicação de logomarca e divulgação de projetos: comunica.scdc@cultura.gov.br ou pelos telefones (61) 2024-2835/2921 

Dúvidas, sugestões, reclamações: atendimento.scdc@cultura.gov.br

Solicitação e sugestão de agenda: agenda.scdc@cultura ou pelo telefone (61) 2024-2780

Endereço: SCS, Quadra 09, Lote C Torre B – 9º andar. Ed. Parque Cidade Corporate. CEP: 70308-200, Brasília-DF

 

 

DECRETO Nº 7.743, DE 31 DE MAIO DE 2012

Art. 13. À Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural compete:

I – planejar, coordenar, monitorar e avaliar políticas, programas, projetos e ações para a promoção da cidadania e da diversidade cultural brasileira;

II – promover e fomentar programas, projetos e ações que ampliem a capacidade de reconhecimento, proteção, valorização e difusão do patrimônio, da memória, das identidades, e das expressões, práticas e manifestações artísticas e culturais;

III – reconhecer e valorizar a diversidade das expressões culturais e a criação artística, individual ou coletiva, de grupos étnicos e suas derivações sociais;

IV – promover e fomentar o acesso aos meios de produção, formação, fruição e difusão cultural, e o reconhecimento dos direitos culturais;

V – promover ações que estimulam a convivência e o diálogo entre diferentes, a prática da interculturalidade, o respeito aos direitos individuais e coletivos, a proteção e o reconhecimento da diversidade simbólica e étnica;

VI – fortalecer a integração e a complementaridade de ações no Ministério e suas entidades vinculadas para fomento, articulação e pactuações em prol da cidadania e da diversidade cultural;

VII – cooperar com órgãos e entidades públicas e privadas na efetivação de políticas, programas e ações em prol dos direitos humanos, da ética, da cidadania, da diversidade cultural, da qualidade de vida e do desenvolvimento sustentável;

VIII – disponibilizar informações sobre os programas, projetos e ações, e fomentar o registro, o intercâmbio e o acesso ao conhecimento sobre expressões culturais, cidadania e diversidade cultural;

IX – instituir programas de fomento às atividades de incentivo à diversidade e ao intercâmbio cultural como meios de promoção da cidadania;

X – fomentar o intercâmbio, a participação e o controle social, e a gestão participativa de programas, projetos e ações;

XI – valorizar a diversidade e promover o exercício da cidadania cultural no fortalecimento das relações federativas e na implementação da Política e do Plano Nacional de Cultura;

XII – zelar pela consecução das convenções, acordos e ações de cooperação nacional e internacional, com destaque para a Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO, em conjunto com a Diretoria de Relações Internacionais e com o Sistema Federal de Cultura;

XIII – planejar, coordenar, acompanhar e avaliar a implementação dos instrumentos necessários à execução dos programas, projetos e ações da Secretaria;

XIV – planejar, coordenar e implementar ações para receber, analisar, monitorar e avaliar projetos culturais de incentivo, no âmbito de sua área de atuação;

XV – subsidiar a Secretaria de Políticas Culturais no processo de formulação das políticas públicas da área cultural relacionadas à sua área de atuação; e

XVI – planejar ações relativas a celebração e a prestação de contas dos convênios, acordos e instrumentos congêneres, que envolvam a transferência de recursos do Orçamento Geral da União, no âmbito de sua área de atuação.

 

Art. 14. À Diretoria da Cidadania e da Diversidade Cultural compete:

I – planejar, coordenar e supervisionar ações de implementação, monitoramento e avaliação dos programas, projetos e ações de promoção da cidadania e da diversidade cultural;

II – supervisionar a implementação de ações para promover a formação em prol da diversidade cultural, da cidadania, e do acesso à cultura;

III – fomentar a articulação de redes colaborativas para integração, intercâmbio e promoção da diversidade cultural e cidadania;

IV – orientar e supervisionar ações de articulação e proteção e promoção da diversidade das expressões culturais;

V – supervisionar o planejamento, padronização, normatização e implementação dos instrumentos para execução dos programas, projetos e ações da Secretaria;

VI – planejar e supervisionar a implementação das parcerias para alocação efetiva dos recursos, fortalecimento institucional e o cumprimento da legislação vigente;

VII – planejar e supervisionar a execução das atividades relativas à recepção, análise de formalidade, conformidade, controle, acompanhamento e fiscalização dos projetos culturais implementados;

VIII – supervisionar a execução das atividades relativas à celebração e à prestação de contas dos convênios, acordos e outros instrumentos congêneres, que envolvam a transferência de recursos, no âmbito de sua área de atuação;

IX – subsidiar a implementação de programas, projetos e ações para promover a cidadania e diversidade;

X – supervisionar a elaboração do planejamento e orçamento, monitorar a execução e avaliar os resultados dos programas, projetos e ações da Secretaria, em conformidade com o Plano Plurianual, a Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO e a Lei Orçamentária Anual – LOA;

XI – supervisionar ações para receber, analisar, monitorar e avaliar projetos culturais de incentivo; e

XII – supervisionar ações para informação, educação e comunicação da Secretaria.

 

As atribuições da secretaria são implementadas por intermédio dos programas Cultura Viva e Brasil Plural. Seu objetivo é fortalecer o protagonismo cultural da sociedade brasileira, valorizando as iniciativas culturais de grupos e comunidades excluídos e ampliando o acesso aos bens culturais. A contribuição fundamental do Programa Cultura Viva concerne à promoção, ampliação e garantia do acesso das comunidades mais excluídas do usufruto de bens culturais aos meios de fruição, produção e difusão desses bens com vistas à ação cultural em diferentes meios e linguagens artísticas e lúdicas. Essa contribuição se concretiza principalmente no apoio a projetos de espaços culturais selecionados com base em edital, denominados Pontos de Cultura.